Marcus Majella lamenta a morte do irmão e amigo Paulo Gustavo

Marcus Majella usou suas redes sociais para se despedir de Paulo Gustavo, que morreu na noite desta terça-feira (4), vítima de complicações da Covid-19. Os humoristas se conheciam desde a juventude, quando fizeram juntos um curso de atuação no Rio.

“Não consigo imaginar esse mundo sem você, meu amigo. Você era uma explosão de alegria que iluminava esse universo cada vez mais sombrio. Uma força da natureza. Nosso sol. Com uma luz tão radiante que vai brilhar pra sempre. Eu tô sem chão. E tô sem meu melhor amigo. Nós nunca brigamos. Nem nunca discutimos. Só sorrimos. E seguramos a mão um do outro nos momentos difíceis. Obrigado por tudo, meu irmão. O que nós tínhamos, era uma conexão de almas mesmo. Nunca vou esquecer você, sua generosidade e seu olhar atento pro mundo, que você lindamente transformava em arte. Vai viver pra sempre no meu coração e nos meus melhores pensamentos. Você uma vez me encaminhou no WhatsApp, uma notícia que dizia: amigos criam vila para viverem juntos até a velhice. Já separa meu terreno aí nessa vila, porque um dia ainda vamos nos encontrar e gargalhar juntos por toda eternidade. Por enquanto, sigo aqui com a difícil missão de fazer desse mundo um lugar melhor e cheio de amor. Principalmente para Gael e Romeu. Serei um ótimo Tio pra eles. Eu te prometo. Te amo pra sempre!”, escreveu.

Morte de Paulo Gustavo
Paulo Gustavo, que tinha asma e era do grupo de risco, foi internado no dia 13 de março em um hospital no Rio. Ele foi intubado no domingo, 21 de março, para seguir em tratamento contra o coronavírus, mas não resistiu.

Na segunda-feira (3), a assessoria de imprensa do ator chegou a emitir um boletim médico informando sobre a piora do quadro do ator, que desenvolveu uma embolia pulmonar com graves complicações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here