De acordo com reportagem publicada em O Antagonista, o Primeiro Comando da Capital (PCC) pode estar por trás do ataque contra o candidato a presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL). Esta é a principal linha de investigação da Polícia Federal, segundo a notícia. No Amazonas, o Portal Holofote Manaus publicou que o Setor de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública investiga a ligação entre a organização criminosa Família do Norte e a chapa de Wilson Lima e Carlos Almeida.

A Polícia Federal pediu mais tempo para investigar o caso de Bolsonaro, ainda segundo o Antagonista. A principal pista surgiu quando os policiais descobriram que, no rol de amigos de Adélio Bispo, autor da facada no presidenciável, havia um “faccionado” do PCC.

No Amazonas, a organização criminosa Família do Norte tem usado as redes sociais para apoiar Wilson Lima. O perfil no Facebook do Compensão, time ligado a FDN, é o mais ativo no apoio à Wilson. Reportagem investiga do Portal Holofote aponta também que a SSP investiga o envolvimento do vice dele, Carlos Almeida, com a máfia das invasões em Manaus, beneficiando entre os invasores lideranças da FDN.

A Família do Norte resolveu entrar de vez em campanha depois que a Polícia fechou o cerco e prendeu lideranças da organização. O plano de Amazonino de reforçar o combate à criminalidade tem causado prejuízos ao grupo.

Compensão fez postagem contra Bolsonaro

https://www.facebook.com/315593728805160/photos/a.626791704352026/696940200670509/?type=3&theater

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here