Rafael Jacob Benoliel, presidente do Instituto de Traumato Ortopedia do Amazonas (Itoam), que este ano já recebeu R$ 24,8 milhões e tem R$ 5,56 milhões a receber do governo do Amazonas, inclusive de dívidas de outros governos, foi citado pelo blog BNC Amazonas, como secretário de Saúde do Estado, caso o candidato Wilson Lima (PSC) vença a eleição.

Benoliel, no ano passado, liderou um motim de médicos, deixando de atender dezenas de pacientes, que foram usados como “reféns” para que o governo do Estado pagasse o Itoam. “Caso a eleição do Wilson se confirme, venho recebendo pedidos para que seja um nome à disposição para a Secretaria de Saúde” (…) “muitos médicos, enfermeiros, técnicos, seja pessoalmente ou por suas lideranças, vêm a mim pedir que aceite uma possível indicação”, disse ele ao BNC.

O Itoam tem dezenas de sócios, todos médicos. A sua atividade principal é de atendimento em pronto-socorro e unidades hospitalares para atendimento a urgências.

Milhões

As empresas do Grupo Bringel esperam receber R$ 278,3 milhões do Governo do Amazonas, segundo levantamento do site no portal da transparência do Estado. A maior parte da dívida, de 2014 a 2017, foi judicializada e está sendo discutida na Justiça Estadual. Mais da metade, R$ 159,4 milhões, foram de contratos na administração do ex-governador José Melo (PROS). Segundo a coligação “Eu voto no Amazonas”, do candidato Amazonino Mendes (PDT), o grupo Bringel apoia a campanha eleitoral do candidato ao Governo do Amazonas, Wilson Lima (PSC). Este tem colocado uma peça publicitária no ar listando os contratos do conglomerado com a administração atual.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here