Início Eleições 2020 BNC reitera o conteúdo que postou sobre intimação a coligação de...

BNC reitera o conteúdo que postou sobre intimação a coligação de Wilson Lima

A assessoria de comunicação do governador eleito Wilson Lima (PSC) distribuiu nota de esclarecimento na manhã deste domingo, classificando de “fake news” a notícia publicada na sexta-feira, dia 9, pelo BNC AMAZONAS, sobre a intimação dele em processo que trata de compra de votos.

A representação foi feita pela coligação do candidato derrotado, Amazonino Mendes (PDT).

A comunicação esclarece que “O governador eleito, Wilson Lima, e o vice, Carlos Alberto Almeida Filho, por meio da assessoria jurídica, esclarecem que não foram intimados pelo Tribunal Regional Eleitoral para prestar informações sobre o suposto crime de compra de votos envolvendo o ex-prefeito de Nhamundá, Mário José Paulaim”.

No parágrafo seguinte, o texto diz tratar-se de “mais um caso de fake news”.

“Por oportuno, destacam que se trata de mais um caso de fake News que está sendo espalhado nas redes sociais amazonenses, mesmo pós-campanha”.

Leia o texto na íntegra

Nota de esclarecimento

O governador eleito, Wilson Lima, e o vice, Carlos Alberto Almeida Filho, por meio da assessoria jurídica, esclarecem que não foram intimados pelo Tribunal Regional Eleitoral para prestar informações sobre o suposto crime de compra de votos envolvendo o ex-prefeito de Nhamundá, Mário José Paulaim.

Por oportuno, destacam que se trata de mais um caso de fake News que está sendo espalhado nas redes sociais amazonenses, mesmo pós-campanha.

Wilson Lima e Carlos Alberto Filho reiteram que durante o processo eleitoral não orientaram qualquer pessoa a praticar atos ilegais e, portanto, não podem responder por conduta de terceiros.

Vale lembrar que o ex-prefeito de Nhamundá não integrava a equipe de campanha dos candidatos eleitos e foi apenas mais um cidadão amazonense que declarou apoio espontâneo a coligação ‘Transformação por um Novo Amazonas’. No ato da prisão, o ex-prefeito estava em posse de materiais de candidatos diversos.

Wilson Lima e Carlos Almeida prezam pela legalidade e transparência do pleito.

BNC reitera o que escreveu

O BNC AMAZONAS reitera o conteúdo que postou sobre o caso, desta vez publicando na íntegra os documentos a que teve acesso nos bastidores do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM).

Um desses documentos da ação destaca em parágrafo isolado: “Citação do primeiro (Wilson Lima) e segundo (Carlos Alberto Almeida Filho) representados, citando os números ID 124 e ID 124119.

Veja abaixo os documentos que mostram que Wilson e Carlos Almeida são citados sobre o caso.

Fonte: https://bncamazonas.com.br/poder/defesa-wilson-materia-fake-news/

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

LEIA TAMBÉM

 5 vítimas da matança em uma residência no Nova Cidade foram velada em uma...

Momentos de dor e desespero tomaram conta, na tarde deste domingo (17), do velório das cinco pessoas mortas na chacina ocorrida na noite deste...

 Impeachment do Ministro que ama soltar bandidos esta pronto para ser encaminhado ao senado

O advogado Modesto Carvalhosa afirmou nesta quinta-feira, 7, que vai ingressar no Senado com pedido de impeachment contra o ministro Gilmar Mendes (conhecido como papai noel dos bandidos), do Supremo Tribunal Federal,...

 Platiny faz homenagem a Projeto de Inclusão Social do TCE e ADEFA

AMAZONAS - Autor da Sessão Especial em homenagem ao Projeto de Inclusão Social de parceria da Associação de Deficientes Físicos do Amazonas (ADEFA) e...

´Cem por cento só confio no meu pai e na minha mãe`, diz Bolsonaro...

O presidente eleito Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira que o ministro extraordinário da transição, Onyx Lorenzoni, é a melhor pessoa para responder sobre a suspeita de que...

¨Confira os detalhes na imagem do apto de pobre do petralha¨- Lula (O Honesto)

BRASIL - Um dos imóveis, um triplex de 215 metros quadrados, pertence à família do ex-presidente Lula. O empreendimento conta com três quartos, cinco banheiros,...
.