CRIME ELEITORAL: Pesquisa da Rede Diário de Comunicação, que pertence a sobrinha de Eduardo Braga, publica pesquisa antiga, induzindo o leitor ao erro, veja a verdade

A mafia da fake news havia alterado a pesquisa perspectiva também em favor de Amazonino

Desesperados com a eminente derrota nas urnas, gabinete do ódio de Amazonino Mendes, comandado pelo seu marketeiro Marcos Martinelli e seu aliado Eduardo Braga, ignora a ordem de parar a campanha e continua produzindo fake news sem parar, depois de usar imagem de militante preso por compra de votos no interior do Ceará como se fosse do seu opositor aqui em Manaus, agora usa a estrutura da Rede Diário de Comunicação que pretence a um sobrinho do senador Eduardo Braga para divulgar pesquisa antiga, sem informar a data da realização da pesquisa. Quando os cenários de segundo turno ainda eram apenas hipóteses.

Crime eleitoral flagrante, na intenção de induzir o eleitor ao erro. Tática antiga usada pelo grupo de Eduardo Braga quando, por exemplo, em. 2012, quando todos institutos de pesquisas davam vantagem acima dos 65% para o então hoje prefeito Artur Neto contra a ex senadora Vanessa Graziottin. Tática repetida em 2014 quando a mesma fabrica de fake news de Braga dava como certa a vitória dele contra o ex governador José Melo.

Fábrica de fake news de Amazonino Mendes que já foi notícia até na revista Veja de outubro/2018 VEJA

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here