Início Governo do Amazonas Amazonas fecha parceria com chineses para promover turismo

Amazonas fecha parceria com chineses para promover turismo

O estado quer voltar a ser um dos principais destinos dos turistas chineses no Brasil

O governador do Amazonas, Wilson Lima, e o governador do Amapá, Waldez Góes, assinaram, nesta quinta-feira (15/08), no Ministério do Turismo, em Brasília, um memorando de cooperação entre os estados da Amazônia Legal e investidores chineses. A ideia é atrair turistas chineses para o Amazonas e demais estados além de promover o desenvolvimento sustentável e movimentar a economia por meio da cooperação com a empresa chinesa HRH Information Technologies Company e a Confederação Nacional de Serviços (CNS).

“O Amazonas tem um interesse muito grande nessa parceria e na assinatura desse convênio, porque o estado já chegou a ter em 2015 uma visitação anual de 17 mil turistas chineses e no ano passado caímos significativamente para 3 mil turistas. Nós estamos fazendo um trabalho de resgate desses turistas, entendendo a China como mercado importante nessa nossa relação, não só turística, mas também comercial, uma vez que há empresas chinesas no Distrito Industrial”, afirmou Wilson Lima.

A China foi a 16ª principal emissora para o Amazonas em 2018 com 3.001 turistas, sendo o segundo maior emissor asiático, tendo como principal motivação o turismo de lazer (85% dos turistas). O objetivo é dobrar o número de turistas chineses nos próximos três anos com a venda direta do destino, seus atrativos, hotéis, restaurantes, além de serviços para turistas da Ásia e de outros continentes.

“Nós percebemos que há condições de promovermos uma recuperação desse mercado. Os chineses tendem a ter um interesse muito grande por ecoturismo, turismo de aventura e nós temos todos atrativos para oferecê-los. A Amazônia esteve presente no estande do Brasil em maio no ITB China 2019, em Xangai, e foi um dos mais movimentados da feira, e, sem dúvida, eles vão optar muito pelo Amazonas como destino turístico nos próximos anos”, disse a diretora-presidente da Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur), Roselene Medeiros.

Durante a assinatura no Ministério do Turismo, participaram o presidente da HRH, Yang Zhou, o diretor de Relações Internacionais e Novos Negócios da Confederação Nacional de Serviços (CNS), Dácio Pretoni, o secretário Nacional de Estruturação do Turismo, Robson Napier Borchio, além do secretário de Estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação, Jorio Veiga, e da diretora-presidente da Amazonastur, Roselene Medeiros.

Plataforma – Os investidores chineses querem incluir o Amazonas na plataforma HRH, que pretende se tornar a mais popular em turismo e e-commerce e conquistar grande parte dos 135 milhões de chineses que viajam pelo mundo. Por meio de aplicativo, os chineses podem buscar serviços em diversas áreas, especialmente no turismo, como a compra de passagens e reserva de hotéis em destinos parceiros da empresa, além da possibilidade de obter descontos em ingressos de atrativos e também na compra de passagens.

De acordo com os representantes, 300 mil pessoas já utilizam a plataforma, que foi criada em 2015. Mas a estimativa é que esse público se multiplique com a popularização da ferramenta, que passou a ter reconhecida pelo governo chinês.

Além da parceria com o Amazonas e os outros oito estados da Amazônia Legal, a HRH assinou, recentemente, parceria com o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul e Paraná.

“Através dessa plataforma, por exemplo, o turista que está indo ao estado do Amazonas poderá fazer uma reserva de hotel, poderá escolher um restaurante, ou seja, o que seria melhor de acordo com o interesse dele, se o ecoturismo, se o turismo de aventura. E ele vai poder fazer tudo isso através dessa plataforma e também acessar os serviços do Governo do Estado, como outras informações turísticas, serviços de segurança”, explicou Wilson Lima.

O governador do Amazonas destacou ainda que o estado já vem se preparando desde janeiro para receber ainda mais turistas da Ásia e outros continentes. “Nós já temos, inclusive, construído um roteiro turístico, com as principais atrações do estado, hotelaria, calhas de rio, todo esse levantamento em dez idiomas, como japonês e mandarim, o que vai facilitar e muito essa nossa parceria com essa empresa chinesa”, disse Wilson Lima.

FOTOS: DIEGO PERES/SECOM

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

LEIA TAMBÉM

 5 vítimas da matança em uma residência no Nova Cidade foram velada em uma...

Momentos de dor e desespero tomaram conta, na tarde deste domingo (17), do velório das cinco pessoas mortas na chacina ocorrida na noite deste...

 Impeachment do Ministro que ama soltar bandidos esta pronto para ser encaminhado ao senado

O advogado Modesto Carvalhosa afirmou nesta quinta-feira, 7, que vai ingressar no Senado com pedido de impeachment contra o ministro Gilmar Mendes (conhecido como papai noel dos bandidos), do Supremo Tribunal Federal,...

 Platiny faz homenagem a Projeto de Inclusão Social do TCE e ADEFA

AMAZONAS - Autor da Sessão Especial em homenagem ao Projeto de Inclusão Social de parceria da Associação de Deficientes Físicos do Amazonas (ADEFA) e...

´Cem por cento só confio no meu pai e na minha mãe`, diz Bolsonaro...

O presidente eleito Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira que o ministro extraordinário da transição, Onyx Lorenzoni, é a melhor pessoa para responder sobre a suspeita de que...

¨Confira os detalhes na imagem do apto de pobre do petralha¨- Lula (O Honesto)

BRASIL - Um dos imóveis, um triplex de 215 metros quadrados, pertence à família do ex-presidente Lula. O empreendimento conta com três quartos, cinco banheiros,...
.