A Polícia Civil do Amazonas prendeu 286 infratores durante o cumprimento de mandados de prisão pela Delegacia Especializada em Capturas e Polinter (DECP). Os dados se referem ao período de janeiro a março deste ano. Do total de prisões, 246 foram em decorrência de processos por crimes como roubo, homicídio, latrocínio, estelionato e tráfico de drogas, e 40 por falta de pagamento de pensão alimentícia.

Dos mandados cumpridos, a maioria foi por roubo, 61 no total. Em seguida, estão as prisões por homicídio (43), tráfico de drogas (31), furto (11), violência doméstica (6), estupro (6), latrocínio (4). Outros 84 mandados foram por crimes diversos.

“O grande trabalho da Especializada é dar execução às penas condenatórias, dando eficiência às decisões do Judiciário, além de subsidiar os demais delegados no cumprimento das prisões provisórias que, depois de cumpridas, auxiliarão, por exemplo, nas investigações e inquéritos em andamento”, explicou o titular da Polinter, delegado Fernando Bezerra.

A DECP trabalha em conjunto com as Delegacias Seccionais e os Distritos Integrados de Polícia (DIPs) no Amazonas para, entre outros, distribuir os mandados de prisão emitidos e realizar um trabalho de inteligência, municiando as unidades policiais sobre o cumprimento dos mandados de prisão.

Além disto, a Polinter é a responsável por viabilizar a relação entre a Polícia Civil do Amazonas e as Polícias dos outros estados brasileiros. “Realizamos a inter-relação com as Polícias de todo o Brasil, cumprindo mandados de outros Estados e viabilizando o cumprimento de mandados referentes aos crimes cometidos no Amazonas”, explicou Bezerra.

Denúncias – O delegado Fernando Bezerra ressaltou a importância da população para o cumprimento de mandados de prisão e de recapturas de foragidos. “Não existe trabalho da Polícia sem a interação com a população, que tem sua identidade mantida em absoluto sigilo e em total segurança”, garantiu.

Além das denúncias ao 181, o disque-denúncia da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), a população pode auxiliar relatando casos diretamente para a Polinter, que fica na rua Professora Clotilde Pinheiro, 338, bairro São Jorge, zona oeste de Manaus, ou através dos telefones da unidade policial, nos números (92) 3682-5274 e (92) 3239-3841.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here