A estudante Giovanna Guimarães Lopes, de 19 anos, morreu após ser arrastada por um carro desgovernado no momento em que estava na varanda da casa onde morava com a avó, na Rua da Cachoeira, do bairro São Jorge, Zona Oeste de Manaus, na noite desta terça-feira (25).

Segundo a Polícia Militar, a condutora de um carro modelo Gol de cor prata e placas PHL-7544, por conta de um trecho em obras na avenida Constantino Nery, teria feito um desvio, entrando em na rua Vitória Régia, uma ladeira inclinada. A motorista então, teria perdido o controle e invadiu a casa, que ficava de frente para a ladeira. Giovana, que estava na parte da frente da casa, foi atropelada violentamente e ficou presa nas rodas do veículo.

Giovanna foi atendida de imediato pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas nao resistiu aos ferimentos e acabou morrendo nas dependências do Hospital Pronto Socorro 28 de Agosto, localizado na Zona Centro-Sul.

Além da jovem, outro homem que ocupava o carro o teve uma estaca cravada no peito devido ao acidente. Até o fim da reportagem, ele passava por cirurgia e o caso é considerado grave.

A polícia identificou os ocupantes do carro como Rosana de Menezes Lima, de 63 anos, Hilda De Deus, de 69 anos, Rosana Bezerra, 49, e José Hosana de Souza, 29. Uma mulher ainda não identificada, também ocupava o carro. Todos foram encaminhados à unidades de saúde na capital.

O Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC) esteve no local coletando informações que esclareçam a dinâmica para a perda controle do veículo. Informações preliminares dão conta de que a motorista estaria usando salto alto. As investigações continuam e um laudo deverá sair em 30 dias.

Policiais da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), estiveram no hospital, de onde o corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML).

.

.

.

Fonte: Portal A Crítica

Foto: Reprodução/Internet

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here