O filho adotivo da deputada federal Flordelis dos Santos de Souza (PSD-RJ), Lucas Cezar dos Santos de Souza, de 18, foi transferido no sábado para a Penitenciária Bandeira Stampa, mais conhecida como Bangu 9, no Complexo de Gericinó, na Zona Oeste do Rio.
A unidade é a mesma para onde foi levado o irmão Flávio dos Santos Rodrigues, de 38 anos, na sexta-feira.
Os dois são réus acusados pelo homicídio triplamente qualificado do pastor Anderson do Carmo de Souza, de 42 anos.
Anderson era pai adotivo de Lucas Cezar e padrasto de Flávio, que era filho biológico de Flordelis. Os dois acusados foram presos momentos depois do enterro do pastor, no dia seguinte ao assassinato, que aconteceu no dia 16 de junho deste ano.
A Justiça do Rio aceitou nesta sexta-feira a denúncia oferecida pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) por homicídio triplamente qualificado dos dois filhos da pastora. Flávio dos Santos Rodrigues e Lucas Cezar dos Santos de Souza tiveram a prisão preventiva decretada. Flávio dos Santos Rodrigues também responde na Justiça por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.
Mãe de pastor diz em depoimento que filha de Flordelis era amante de Anderson
Em seu depoimento à polícia, ao qual O DIA teve acesso, Maria Edna Virgínio Oliveira, 64 anos, sogra da deputada federal Flordelis de Souza, levou mais elementos que podem envolver a parlamentar na morte do marido, o pastor Anderson do Carmo. Maria Edna relatou que seu filho era envenenado nas refeições e que a morte teria sido encomendada após o veneno não surtir efeito.

As declarações foram feitas no dia 24 de julho, na sede da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI), em Niterói, Região Metropolitana do Rio. Maria Edna disse ainda que Anderson era maltratado por Flordelis, que estava sendo roubado e que teria como amante uma das filhas biológicas da parlamentar, com quem teve um relacionamento antes de se casar com a pastora.

Maria Edna começou o depoimento relembrando como os dois se conheceram, na favela do Jacarezinho, Zona Norte do Rio. Ela contou como Flordelis, aos 30 anos, começou a namorar seu filho, de apenas 14 anos de idade e que, nessa época, Anderson namorava uma das filhas biológicas da pastora, terminando a relação para ficar com a mãe da jovem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here