O Amazonas deve receber neste final de semana 1 milhão de doses da vacina contra a gripe H1N1. A informação foi divulgada, nesta quinta-feira (14), pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (PSC), e o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, durante transmissão ao vivo feita na página oficial do chefe do Executivo brasileiro no Facebook.

“Hoje o presidente deu o toque final para viabilizar a logística e mandar lá para o Amazonas. Eu acho que até a secretaria estadual receber e distribuir, capaz de, neste final de semana, segunda-feira, a gente estar vacinando, primeiro, gestantes e crianças, que é o grupo de risco principal, depois o público-alvo”, afirmou Mandetta na live.

O Amazonas vive um surto de gripe H1N1. Subiu para 96 o número de pessoas infectadas com o vírus da Influenza A (H1N1), conforme a edição nº 08 do Boletim Epidemiológico da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) no Estado do Amazonas, divulgado nesta quarta-feira (13), pela Fundação de Vigilância em Saúde (FVS). Um aumento de 5 casos positivos para a infecção em relação ao último informe, divulgado na segunda-feira (11).

Ainda segundo o boletim da FVS, foram notificados 509 casos da Síndrome Gripal Grave (SGG), dos quais 57, também são positivos para o Vírus Sincicial Respiratório (SRV).

“Este ano a gente antecipou (a vacinação) no caso do Amazonas. A nossa campanha ela vai começar no tempo normal, ela estava marcada para 20 de abril. A gente já tinha antecipado o cronograma para a região Sul, mas houve uma atípia no Amazonas, um número muito grande, com muitos óbitos. Então o presidente pediu para somarmos esforços. Eu agradeço ao Butantã, que é quem prdozu essas vacinas. Nós conseguimos antecipar aí em quase um mês”, afirmou o ministro da Saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here