AMAZONAS – Importante rodovia que liga os municípios de Apuí e Novo Aripuanã, a AM-174 está interditada há cinco dias. A informação foi passada pelo Presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), deputado David Almeida, na sessão plenária desta terça-feira (6).

 


Na oportunidade, ele mostrou fotos de caminhões parados na pista e pediu ajuda da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra) para a liberação da estrada, que além de não estar asfaltada, tem algumas pontes quebradas. 

Almeida lembrou que a rodovia é essencial para o escoamento da produção de laticínios e pecuária do Sul do Amazonas à capital e, consequentemente, para a circulação de dinheiro nos municípios.


“Essa é uma das estradas mais importantes do nosso Estado. Ela leva a riqueza de Apuí e Matupi até Novo Aripuanã. São 230 mil cabeças de gado em Apuí e mais 170 mil cabeças de gado no Distrito de Matupi, em Manicoré. Essa estrada é que abastece os grandes frigoríficos”, salientou.

O presidente ressaltou que os próprios pecuaristas e agricultores prometeram asfaltar a AM-174, caso nenhuma medida seja tomada “É difícil. São 290 quilômetros de estrada, tem as pontes e peço que seja dada uma atenção especial para que situações como essa não voltem a acontecer”, destacou.

David Almeida disse ainda que as propagandas do governo contrastam com a realidade vivida pela população.

“Vemos uma expectativa vendida na propaganda, mas a realidade é essa, de abandono. A secretaria de Infraestrutura tem recursos, como o próprio secretário disse em entrevista na rádio, e queremos que eles deem atenção ao Sul do Amazonas, que é uma região rica e que precisa do auxilio do Estado”, finalizou.



Fotos (plenário) Dhyeizo Lemos 

          (estrada/caminhão) divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here