Nota do Movimento
AMAZONAS – A população de Itacoatiara, em ato histórico, deu o primeiro passo em busca do afastamento do Prefeito Antônio Peixoto (PT), manifestantes lotaram a Câmara Municipal, 06/08, para testemunhar a entrega do requerimento de documentos que irão compor o pedido em desfavor do então Chefe do Executivo Municipal.

Em tom de deboche a camara municipal  recebeu o requerimento.  
Este comportamento era esperado pelos manifestantes, tendo em vista a comodidade dos vereadores em manter-se ao lado do atual gestor da máquina pública municipal.

“O Movimento Popular Fora Peixoto deixou claro que o ato de hoje trata-se do pontapé inicial de procedimentos a serem tomados para instruir um pedido, que em breve será protocolado na Câmara de Vereadores, assim como em outros órgão competentes pela fiscalização do município”.

O Requerimento de afastamento será devidamente fundamentado e apresentado com todas as provas dos desmandos desenfreados emanados da “Casa Grande”. 

Apesar da famigerada alegação de que o Prefeito Peixoto foi eleito democraticamente, o Movimento defende, fundamentadamente, que o ato de livre manifestação além de exercício de um Direito Constitucional, é também uma ato democrático. Pois a Democracia também consiste na luta do povo por melhores condições, quando o governante eleito não cumpre de forma satisfatória o encargo pra que se propusera. É do povo que emana o poder em um Estado Democrático, há quem tenha esquecido disso, no entanto, em breve será lembrado. 

Como já divulgado, o atual prefeito de Itacoatiara é recorrente na prática de atos ímprobos que já lhe renderam, mais de 15 ações judiciais e incontáveis outros procedimentos administrativos em seu desfavor. 
Esclarecem ainda, que o mal emprego de verba pública, favorecimentos pessoais, irregularidades em prestações de serviços básicos e desobediência da legislação licitatória serão temas levantados na petição que em breve será protocolada. 
Em quanto as manifestações acontecem, os serviços públicos continuam na precariedade. A condução da máquina permanece nas mãos de pessoas extremamente despreparadas, inexperientes e sem compromisso com a sociedade.

O portal da transparência continua sem dados atualizados, escondendo os favorecimentos que nos documentos constam, como nomeações de diretamente interessados em licitações, assim como de pessoas que prestam serviços pessoais ao prefeito, recebendo diretamente dos cofres públicos.

E os fiscais da casa legislativa? Ah, esses levam o povo na valsa, apostando que não há munição em posse dos manifestantes… Ledo engano. Deixam-se levar pela CERTEZA DA IMPUNIDADE, mas o movimento assegura que nem sempre será assim. 

Em uma pequena pesquisa nos sites de busca, é possível tomar ciência do rosário de escândalos envolvendo o Prefeito. Vê-se ainda, o alarde dado em cada uma das bombas, seguindo-se de um vergonhoso silêncio dos Vereadores. Essa é a imagem que o espelho do despreparo, ignorância e falta de qualificação dos escolhidos na eleição municipal passada, tem a oferecer aos seus eleitores. Quanta ingratidão.

Cumpre salientar, que o Movimento que pede o afastamento de Peixoto se sustenta em recursos providenciados por seus próprios manifestantes, agindo de forma organizada, dentro da legalidade e de forma pacífica. 

O capítulo inaugural da luta do povo foi escrito hoje e, pelo andar da carruagem, a legalidade vencerá os subestimam aqueles que os colocam no poder. Lembrando que não é só a câmara que detém o poder de afastamento, o Fiscal da Lei, o Ministério Público será provocado para que os temas de competência da Justiça sejam analisados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here