Pessoas de todo o país se reuniram na manhã de quarta-feira em Washington para prestar homenagem e celebrar a vida do ex-presidente George H.W. Bush em um funeral de estado na Catedral Nacional de Washington.

O caixão coberto por bandeiras de Bush chegou à catedral por volta das 11h00. O presidente Trump e os quatro ex-presidentes dos EUA estão entre os presentes. O filho do 41º presidente, o ex-presidente George W. Bush, está entre as quatro pessoas programadas para dar elogios.

Espera-se que o serviço termine por volta das 13h15. O Washington Post tem cobertura ao vivo aqui.

O caixão de Bush foi removido do carro funerário para a música “Babados e Flores” e “Salve para o Chefe”, seguido pelo hino “Para Todos os Santos”.

“Com fé em Jesus Cristo, aceitamos o corpo de nosso irmão George para o enterro”, disse o bispo Michael Bruce Curry, chefe da Igreja Episcopal na América, em uma oração fora da catedral.

O ex-presidente George W. Bush e sua esposa Laura entraram, parando para cumprimentar o presidente Trump e os outros três ex-presidentes.

O caixão foi então levado pelo corredor enquanto os sinos tocavam.

Mais cedo, o coro dentro da catedral cantou uma versão pessimista de “America the Beautiful”.

O presidente Trump e a primeira-dama Melania Trump caminharam pelo corredor e tomaram seus assentos na primeira fila da catedral, ao lado dos ex-presidentes Barack Obama, Bill Clinton e Jimmy Carter, todos acompanhados de suas esposas.

Os Trumps apertaram as mãos dos Obamas antes de se sentarem.

O caixão coberto por uma bandeira de Bush foi levado pelos degraus do Capitólio enquanto os membros da família e os líderes do Congresso observavam. Enquanto os militares carregavam o caixão, “Hail to the Chief” foi jogado e Bush recebeu uma saudação de 21 armas.

Ao seguirem em direção ao carro funerário, dois hinos tocaram: “Minha fé olha para ti” e “mais perto de meu Deus para Ti”.

A carreata deixou o Capitólio, descendo a Avenida Pensilvânia, onde passaria pela Casa Branca antes de se dirigir à Catedral Nacional de Washington.

O presidente Trump e a primeira-dama Melania Trump saíram da residência da Casa Branca e embarcaram na limusine presidencial negra.

A comitiva começou a rolar do South Lawn para a Catedral Nacional de Washington.

Enquanto os enlutados da Catedral Nacional esperavam a chegada da comitiva de Bush, incontáveis ​​conversas aconteciam lá dentro.

A ministra da Suprema Corte, Elena Kagan, pode ser vista conversando com o senador Patrick Leahy (D-Vt.). O chefe de justiça, John Roberts, também estava presente.

Acompanhe ao vivo no link: https://www.washingtonpost.com/?noredirect=on

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here