Após a derrota que seu filho Arthur Bisneto e seu candidato, Omar Aziz, tiveram nas urnas no primeiro turno, o prefeito Arthur Virgílio Neto, o “Mick Jagger” desta eleição, tenta voltar aos holofotes defendendo seu novo mais novo aliado, o candidato Wilson Lima (PSC). Prefeito que já entrou para a história do Amazonas como o que mais aumentou o valor da passagem de ônibus em Manaus, Arthur engrossa a lista da velha política que agora está com Wilson Lima.

O problema é que Arthur não olha para o próprio umbigo. Em janeiro de 2017, logo depois da eleição, o prefeito traiu a população com desculpas esfarrapadas de que aumentaria a frota de ônibus, e aumentou a passagem de R$ 3 para R$ 3,80, humilhando o povo manauara que foi obrigado a aceitar o novo valor. Até hoje, a população espera os novos ônibus, enquanto é obrigada a andar em veículos velhos que vivem caindo aos pedaços.

“Vamos ter a Intranet nos ônibus, wi-fi nos terminais. Uma série de medidas e outras devem ser anunciadas. Pedi que programassem 200 ônibus em um ano, 150 em outro ano, 200 no próximo”, prometeu Arthur.

Por isso, a rejeição do prefeito na capital amazonense beira os 70%, similar a do presidente Michel Temer. Pesquisas mostram que ninguém aguenta mais a eleição de ambos, principalmente pela política de marketing, que esconde os problemas da cidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here