‘O que me interessa é fechar uma frente ampla em defesa da democracia’, diz Arthur Virgílio, em ‘Terceiro Ato do Direitos Já!’

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, foi convidado nesta sexta-feira, 26/6, a participar do “Terceiro Ato do Direitos Já!” – Fórum pela Democracia, que contou com a presença on-line das cem das maiores lideranças políticas e personalidades do Brasil, uma frente ampla em defesa da democracia, da vida e da proteção social. O movimento se denomina como iniciativa suprapartidária, plural e aberta a todas as pessoas e instituições. O evento teve transmissão ao vivo pelas redes sociais.

“Eu aprendi ao longo da minha vida pública que, quando vou em busca de um resultado coletivo, procuro trabalhar temas que me unem aos meus interlocutores. Para mim, duas coisas devem ser o toque de união: o respeito à Constituição e a defesa da Democracia”, disse o prefeito de Manaus. “O que me interessa é fechar uma frente ampla em defesa da democracia, nós que já vivemos uma ditadura”, completou, ressaltando, ainda, sua posição contra a realização de garimpo na Amazônia.

Além do prefeito Arthur Virgílio destacam-se entre os convidados o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso; o ex-candidato à presidência, Fernando Haddad; o ex-ministro Alexandre Padilha; o governador do Maranhão, Flávio Dino; e o deputado federal pelo Amazonas, Marcelo Ramos; e personalidades da cultura e do esporte, como Zélia Duncan e Gilberto Gil.

Cada participante teve cerca de dois minutos para manifestar as suas considerações e a ênfase dos discursos foi pela formação de uma frente ampla em defesa dos direitos e da democracia e em oposição ao governo do presidente Jair Bolsonaro, mesmo com diferenças em alguns pontos programáticos. O evento reuniu políticos, representantes de partidos e personalidades.

“Temos uma maioria amplíssima e que não aceita qualquer ameaça à democracia e precisamos saber o que fazer para que essa aliança que está se formando – que guarda suas semelhanças com o movimento para restaurar a democracia que culminou com as Diretas Já – se torne funcional”, disse o senador Roberto Freire.

 

Texto – Jacira Oliveira/Semcom

Fotos – Mário Oliveira /Semcom

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here