Prefeitura de Manaus participa do evento Amazônia Innovation Week  

Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi), participou nos últimos três dias do Amazônia Innovation Week, evento on-line de imersão nas principais atividades de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) da região Sul do Brasil. O evento foi realizado pela Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) e Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), em parceria com o Polo Digital de Manaus e a empresa E3 Negócios e foi transmitido pelos canais oficiais do YouTube.

O subsecretário da Semtepi, Gustavo Igrejas, representou a Prefeitura de Manaus no evento e falou sobre a reformulação do Escritório do Empreendedor e do Casarão de Inovação pelo município e do trabalho transversal de empreendedorismo e inovação. Ele ressaltou ainda a regulamentação de duas leis para startups, a Lei 2.565/2019 e a Lei 2.566/2019, para incentivo à inovação.

O subsecretário explicou que a Lei 2.565 institui o Programa de Incentivos Fiscais e Extrafiscais (Proinfe) para criação e fomento do Polo Digital de Manaus (PDM), destinado à instalação de startups. Já a lei 2.566, concede benefício fiscal do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) a institutos de pesquisa e desenvolvimento sem fins lucrativos, estabelecidos em Manaus, que atuam com startups vinculadas a programas de incentivos disposto em lei municipal específica.

Segundo Gustavo Igrejas, o Casarão da Inovação Cassina deve também estimular o ecossistema local de produção e desenvolvimento tecnológico com ações como a capacitação de profissionais para atuarem nas áreas de tecnologia, marcando a inserção da cidade na Economia 4.0, estabelecendo uma nova matriz econômica baseada em tecnologia e inovação aliada à matriz já existente e estabelecida pelo Polo Industrial de Manaus.

“A meta da gestão do prefeito David Almeida é efetivar o Casarão da Inovação como uma incentivadora de empresas de tecnologia e apoio ao desenvolvimento tecnológico, atuando em diversos segmentos relacionados, como e-commerce de produtos regionais, startups, institutos de pesquisa e desenvolvimento, dentre outros.  O Casarão da Inovação está com sua infraestrutura física pronta, porém necessita da implementação de um plano consistente de aproveitamento do espaço”, disse o subsecretário.

O superintendente da Suframa, Algacir Polsin, afirmou na abertura do evento que a autarquia busca integrar todos os atores do ecossistema da região Norte, que são os Estados de Rondônia, Roraima, Amazonas, Acre e os municípios de Macapá e Santana, no Amapá, visando o desenvolvimento e aprimoramento do setor. “Buscar os exemplos, as práticas, os erros e os acertos já realizados em outras áreas do país são fundamentais e essa é a intenção da atividade dessa semana, buscarmos as experiências do Paraná e de Santa Catarina para aprimorar cada vez mais o nosso ecossistema”, explicou o superintendente.

Texto – Felipe Brandão / Semtepi

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here