Quando questionado sobre sua falta de experiência, ele disse, “Eu atuo há anos na área coletiva, incluindo a área de saúde, e que, para comandar uma das pastas mais importantes do Estado, traz ‘bagagem’ adquirida na Defensoria Pública, inclusive o conhecimento sobre o funcionamento da pasta”, disse Almeida em ressente entrevista local.

Wilson Lima disse que a composição do secretariado seria absolutamente técnica e que não poderia abrir mão do conhecimento do vice.

Alguém deveria lembrar ao Exmo Governador que o atual secretario e vice não possui nada de experiência técnica na saúde, a não ser na saúde dos familiares de bandidos que pleiteavam uma indenização de R$ 50 mil pelos relevantes serviços prestados a sociedade (crimes).

Sobre o conhecimento do vice

Além de defender a população e familiares de bandidos, a Defensoria Pública é um órgão de natureza constitucional, com a função de auxiliar nos serviços jurisdicionais do Estado, enquanto entidade que presta serviços de orientação jurídica, promoção de direitos humanos e defesa (judicial e extrajudicial) dos direitos individuais e coletivos de forma integral ou gratuita aos necessitados. Aonde está escrito que um Defensor Público tem experiência técnica para assumir essa a pasta da saúde?

O Portal torce todo dia para que este governo dê muito certo, mas pelo que se vê, a coisa pode ficar pior. Existe um ato chamado exoneração, acho que ta chegando a hora Wilson.

Enquanto isso os terceirizados organizam manifestações, no Platão Araújo e em frente a Susam para hoje (Sexta dia 08/02), segundo nota emitida nas redes sociais até o salário do mês de janeiro já atrasou.

Ronaldo Aleixo 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here