Lula vira réu pela 10° vez, agora ele é acusado de receber suposta propina de R$ 64 milhões, o PT faz parte do rolo

Justiça de Brasília aceitou denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal (MPF) e tornou réus o ex-presidente Lula da Silva, os ex-ministros Antônio Palocci Paulo Bernardo e o empresário Marcelo Odebrecht.

Lula, Palocci e Bernardo são suspeitos de terem recebido propina da empreiteira Odebrecht em troca de favores políticos.

De acordo com a acusação, a empresa prometeu a Lula, em 2010, R$ 64 milhões para ser favorecida em decisões do governo. O montante teria sido colocado à disposição do Partido dos Trabalhadores (PT).

Segundo a denúncia, uma das contrapartidas solicitadas pela Odebrecht seria interferência política para elevar para R$ 1 bilhão um empréstimo concedido a Angola pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

No despacho assinado nesta quarta-feira (5), segundo o G1, o juiz Vallisney de Oliveira, da 10ª Vara da Justiça Federal em Brasília, destacou que “a peça acusatória está jurídica e formalmente apta e descritiva” e, inclusive, contém vídeos, mensagens de e-mails, planilhas, relatórios policiais e outros documentos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here