Vídeo: Pablo Marçal exige Retratação Da TV Globo e chama a jornalista da extrema-esquerda Natuza Nery De “Incompetente E Miserável”

Em vídeo publicado nas redes sociais, Marçal rebate alegações da emissora e apresenta trechos de outras reportagens que comprovam o problema.

O empresário Pablo Marçal, que vem atuando na organização de doações para as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul, se manifestou publicamente nas redes sociais nesta quarta-feira (8), exigindo retratação da TV Globo após ser acusado de propagar fake news sobre o caso dos caminhões barrados ao levarem doações ao estado.

Em uma reportagem da Globo News, a emissora alegou que se tratava de uma mentira a informação de que caminhões com materiais arrecadados estariam sendo impedidos de entrar no Rio Grande do Sul. Marçal, no entanto, refuta a versão da Globo e apresenta trechos de reportagens de outras emissoras, como o SBT, que comprovam a ocorrência do problema.

No programa “Tá na Hora”, do SBT, os jornalistas Marcão do Povo e Márcia Dantas denunciaram que caminhoneiros que transportavam doações para as vítimas da catástrofe climática no Rio Grande do Sul estavam enfrentando multas ao chegarem no estado. Segundo a reportagem, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) estaria barrando os caminhões da Defesa Civil, com ajuda humanitária, por falta de nota fiscal e excesso de peso.

Em seu vídeo, Marçal critica a postura da Globo, afirmando que a emissora não é “o Ministério da Verdade” e que está tentando “mudar a opinião pública” sobre o caso. Ele também questiona se há algum interesse desconhecido na filtragem de notícias feita pela Globo na cobertura da tragédia climática no Rio Grande do Sul.

“Vocês estão com vagabundagem, querendo mudar a opinião pública, e ninguém vai cair nessa conversinha. Na década de 90 vocês dominavam as televisões, porque o povo só olhava para vocês. Nós temos o celular agora”, disse Marçal.

O empresário ainda exibiu um vídeo de um tiroteio que teria ocorrido na cidade gaúcha de Canoas e cobrou que a Globo noticie o ocorrido. Ele também prometeu dobrar o número de carretas enviadas para o estado com doações.

“Vocês estão escondendo alguma coisa e nós vamos descobrir. Quero pedir para o povo se levantar, use o celular e filme, é seu direito filmar”, completou.

Em uma nota enviada à apresentadora Márcia Dantas, a ANTT declarou que não está retendo veículos com doações e que os motoristas não serão multados se estiverem prestando ajuda em situações de emergência. Qualquer multa aplicada nessas circunstâncias será cancelada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui