Campeão dos médios do Shark Fight, Marcelo Pontes mira novos desafios em 2020

O lutador Marcelo Pontes, da equipe MBJJ Nova União, venceu Diego Imortal (Alfa) e conquistou o cinturão da divisão dos médios (até 84 kg) do Shark Fight Championship (SFC). A quarta edição da franquia foi realizada no último fim de semana, em Rio Preto da Eva (a 80 quilômetros de Manaus). O atleta agora mira novos desafios em 2020.

Faixa preta de jiu-jítsu e filho de Márcio Pontes, primeiro professor do campeão do povo José Aldo Júnior (UFC), Marcelo normalmente compete no peso pena (até 66 kg). Por causa da pandemia, o atleta de 21 anos não treinou com a mesma intensidade e acabou topando o desafio três divisões acima da sua original.

“Apesar da dificuldade da preparação, consegui impor meu jogo e alcançar o objetivo que era vencer e me credenciar para outros eventos dentro e fora de Manaus. Mostrei a força da MPBJJ novamente e essa vitória eu divido com minha equipe”, disse Marcelo, que definiu a conquista no primeiro round, vencendo Diego Imortal por nocaute técnico a 2 minutos e 10 segundos de luta.

Embalado – Com o título obtido no Rio Preto da Eva, Marcelo chegou a cinco vitórias na carreira – ele tem apenas uma derrota em seis combates como profissional. De volta a Manaus com o cinturão do SFC, Pontes agora mira mais um triunfo, desta vez pelo peso médio contra Gabriel Noronha (Academia Marcelinho Pequeno) no Samurai da Selva 5. O evento, que tem patrocínio da Samel Assistência Médica, acontece no dia 3 de outubro, no CT da equipe MPBJJ Nova União (Dom Pedro).

“Até o final do ano tenho quatro lutas marcadas em Manaus. A meta é sempre ir baixando de divisão a cada evento, porque em fevereiro já tenho contrato para lutar fora pela categoria até 66 kg”, disse Marcelo Pontes.

Texto e fotos: Emanuel Mendes Siqueira (92) 99122-3785

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here