Paysandu e Remo ficaram no empate em 1 a 1 na tarde deste domingo, no Mangueirão, pela nona rodada do Campeonato Paraense. O Remo abriu o placar com golaço de Douglas Packer, de falta. O Paysandu empatou com Diego Matos.

O resultado foi bom para o Remo, que está classificado para a semifinal do Parazão, com 16 pontos, e é o líder do grupo A1. Já o Paysandu ainda não está matematicamente classificado. Ele vai ter que aguardar a última partida da fase de grupos para garantir de vez a classificação. Mesmo assim, o Paysandu está invicto na competição e é lider do grupo A2, com 19 pontos.

A última rodada da fase de grupos do Campeonato Paraense será domingo (31), com todos os jogos acontecendo às 16 horas. O Remo vai encarar o Paragominas, no Mangueirão. Já o Paysandu enfrenta o Águia, no Zinho Oliveira, em Marabá.

Leão foi bem no início

O Remo começou a partida mais organizado que o Paysandu. Trocava passes, valorizava a posse bola e apostava nos cruzamentos. Quem mais ajudava nisso era o meia Douglas Packer, que conseguia fazer boas jogadas. Mais tarde ele seria o cara que abriu o placar para o Remo no Mangueirão.

Já o Papão demorou para se ligar na partida. Aos poucos cresceu e começou a tomar a iniciativa, principalmente após o gol do Leão. Marcos Antônio era o responsavel por organizar o time e lembrar os companheiros que precisavam marcar.

Foi quando o Paysandu conseguiu empatar a partida, com um chute de Diego Matos e a falha de Vinícius.

Leão abre o placar

Douglas Packer marcou o primeiro gol dele e do Leão no RexPa 747. A bola sobrou para Diogo Sodré, que driblou e foi derrubado. Douglas Packer cobrou direto e abriu o placar no Mangueirão. Foi um golaço de falta, no ângulo.

Quase o segundo

Remo chega ao ataque na troca de passes. A bola sobrou limpa para Rafael Jansen, que cruzou na cabeça de Gustavo Ramos. O atacante desviou perto do travessão.

Empate e “frango” do goleiro

Aos 44 minutos, Diego Matos deixou tudo igual. Ele avançou pela esquerda e percebeu o espaço pra finalização. De longe, soltou um petardo. Vinícius falhou e o jogador bicolor saiu pra comemorar com a torcida e a família.

Segundo Tempo 

O jogo estava mais aberto. As duas equipes saíram para o ataque, tudo para tentar o desempate. Faltava apenas ser mais eficiente nas conclusões.

Pressão azulina e defesa bicolor

O Remo pressionou o Paysandu. Tentava a todo o custo o segundo. As melhores chances foram em lances de bola parada. Em cobrança de escanteio de Douglas Packer, Kevem cabeceou no canto e o goleiro Mota fez milagre. Ele tirou a bola em cima da linha e a zaga do Papão afastou de vez,  evitando o segundo gol do Remo.

Confusão

Quando a partida terminou, jogadores de Remo e Paysandu acabaram discutindo no gramado. Bruno Oliveira e Gustavo Ramos iniciaram a confusão. Mas não teve agressão física e logo os jogadores se separaram.

Ficha Técnica

Paysandu 1 x 1 Remo
9ª rodada do Campeonato Paraense

Local: Mangueirão – Belém (PA)

Árbitro: Joelson Nazareno Ferreira Cardoso (CBF)

Assistentes: José Ricardo Guimarães Coimbra (CBF) e Bárbara Roberta Costa Loiola (CBF)

Paysandu – Mota, Bruno Oliveira, Victor Oliveira, Micael e Diego; Caíque, Marcos Antônio (Alan Calbergue), Thiago Primão (Alex Galo); Nicolas, Vinícius Leite e Paulo Henrique (Paulo Rangel)
Técnico: Leandro Niehues

Remo – Vinícius; Geovane, Kevem, Marcão, Rafael Jansen; Djalma, Dedeco, Diogo Sodré (Echeverría) e Douglas Packer; Gustavo Ramos (David Batista) e Mário Sergio (Alex Sandro).
Técnico: Márcio Fernandes

Cartão Amarelo: Geovane, Rafael Jansen, Djalma; Marcos Antonio, Micael, Paulo Rangel, Diego Matos

Gols: Douglas Packer (21’/1ºT); Diego Matos (44’/1ºT)

Público e Renda: Ainda não foi divulgado

Reportagem: Oliberal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here