Com novo nocaute brutal, Rozenstruik enaltece Ngannou e nega ter o ‘soco mais forte’ nos pesados

© Reprodução/YouTube UFC

Depois de fazer mais uma vítima, no UFC Las Vegas 28, Jairzinho Rozenstruik provou mais uma vez ser um dos nomes mais temidos do MMA. No entanto, se engana que acredita que o surinamês se considera o dono do ‘soco mais forte’ entre os pesados (até 120,2kg.) do Ultimate. Em entrevista coletiva após o nocaute brutal sobre Augusto Sakai, o ‘gigante’ foi sincero ao apontar ‘o cara a ser batido’.

“Eu não me sinto (como o dono do soco mais forte). Meus técnicos me dizem que sou um dos mais rápidos dos pesos pesados, mas não acho.  (…) Talvez o campeão seja”, afirmou o lutador.

Conhecido pelo poder de nocaute, Jairzinho já sentiu na pele a força de nocaute do atual líder da categoria. Em maio da temporada passada, o atleta dividiu o octógono com Francis Ngannou e acabou brutalizado em 20 segundos.

Embora sugira o franco-camaronês como grande nome da categoria, atualmente, Jairzinho segue colecionando vítimas em seu cartel como profissional no esporte. Depois da vitória sobre Sakai, o combatente, agora, soma 11 nocautes em 12 triunfos nas artes marciais mistas.

A única vez que Rozenstruik não conquistou um resultado positivo na via rápida aconteceu em 2018. Na ocasião, o lutador derrotou Andrey Kovalev na decisão dividida dos juízes, quando atuava pelo RIZIN.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here