Jones x Reyes: Mais uma marmelada do UFC é criticada pela imprensa

O UFC 247, ocorrido neste sábado (8), em Houston, acabou há pouco, mas o resultado da luta principal já vem dando o que falar. Após Jon Jones defender seu título contra Dominick Reyes e se manter como campeão dos meio-pesados (até 93kg.) na decisão unânime, os juízes do combate têm sido contestados por parte da imprensa especializada pelas análises feitas após o confronto.

No resultado oficial, ‘Bones’ foi declarado vencedor com dois juízes (Marcos Rosales e Chris Lee) marcando ‘48-47’ para o campeão. No entanto, a polêmica maior se dá por conta de Joe Solis, que enxergou um triunfo do campeão sobre Reyes de 49-46.

Para muitos o exagero de Solis é encarado como despreparo, já que o combate foi intensamente disputado durante todos os rounds. Uma diferença tão abrupta, então, não faria sentido, já que Dominick acabou promovendo a Jones um dos combates mais intensos e complicados de sua carreira.

Algumas empresas especializadas em MMA divulgaram suas pontuações e não há uma decisão comum sobre quem saiu vencedor da luta principal da noite. Steven Marroco, do ‘MMA Fighting’, Phil Murphy, da ‘ESPN’ e Nick Baldwin do ‘theScore’  foram profissionais que concordaram com a decisão unânime dos juízes e todos marcaram vitória para ‘Bones’ por 48-47.

Por outro lado, Keith Shillan, do ‘Sherdog.com’, Danny Segura, do ‘MMA Junkie’ e Tim Burke, do ‘BloodyElbow.com’ consideraram que Dominick Reyes foi superior a Jones e sugeriram um triunfo por 47-48.

O presidente do Ultimate, Dana White, chegou a se manifestar sobre o assunto e, em entrevista ao repórter Aaron Bronsteter, afirmou que os responsáveis pela análise do combate, em algumas ocasiões, estão despreparados para trabalharem em um evento de tamanha magnitude.

“Um dos maiores problemas do Texas (EUA) é que esses caras não têm muita experiência em lutas. Os responsáveis por escolher os juízes precisam ter a noção do que eles tiram desses caras (quando cometem erros)”, afirmou White.

De acordo com Marcos Rosales, um dos juízes, Jones venceu três dos cinco rounds disputados (2º, 4º e o 5º). Chris Lee também marcou três assaltos para Jon (3º, 4º e o 5º). Solis, por sua vez, enxergou quatro rounds para o campeão, considerando que Jones havia perdido somente na primeira etapa.

Na coletiva após o espetáculo, Dominick não escondeu sua frustração e criticou a atuação de Joe Solis.

“Vou ter que conversar com ele depois”, declarou o desafiante.

Veja o cartão de pontuação de Jones x Reyes:

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here