A discussão científica sobre a biodiversidade amazônica, gerando oportunidades de interação entre a academia e os setores empresarial e o governamental foram assuntos debatidos no 1º Congresso de Biodiversidade e Biotecnologia da Amazônia (CBBA) e IV Congresso de Interação ICTs & empresas. O evento iniciou no dia 6/11 e ocorreu até o dia 8/11, no Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques, localizado no bairro Flores, zona centro-oeste, em Manaus.

O congresso contou com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), por meio do edital N° 009/2018 do Programa de Apoio à Realização de Eventos Científicos e Tecnológicos no Estado do Amazonas (Parev).

O evento promovido pela Rede Bionorte, Rede Rami e Rede Abio, contou com uma série de mini-simpósios, mesas redondas e apresentações dos trabalhos de alunos egressos, docentes e da comunidade científica em geral. No total de 335 congressistas, 69 palestrantes (Amazonas, Acre, Rondônia, Pará, Mato grosso, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, Rio grande do Sul, Distrito Federal São Paulo), envolvendo mais de 50 instituições de ensino superior e pesquisa.

A diretora-presidente da Fapeam, Márcia Perales, prestigiou o 1° dia do congresso e destacou que o evento trouxe temas importantes como bionegócios, bioeconomia, biotecnologia e biodiversidade. Reforçou ainda que o Governo do Amazonas tem apoiado diversas ações para apoiar ciência, tecnologia e inovação (CT&I), dentre elas ações de popularização da ciência como o Parev.

Segundo o coordenador do Polo Amazonas do Programa de Pós-Graduação da Rede (PPG-Bionorte), professor Jair Furtunato Maia, o Congresso e o Workshop vêm de forma oportuna criar condições para discutirem dificuldades enfrentadas na Amazônia no que diz respeito ao desenvolvimento bioindustrial.

“Após tantos debates sobre o tema, as instituições que promovem o evento, perceberam a necessidade de ampliar a dimensão das discussões para um contexto amazônico, com alcance nacional, no intuito de divulgar os resultados científicos e tecnológicos que podem ser utilizados pela indústria e contribuir para a melhor utilização dos recursos florestais, possibilitando a geração de empreendimentos sustentáveis, consolidando a bioeconomia da região”, comenta o coordenador.

Durante a cerimônia de abertura, o presidente de honra do congresso, Spartaco Astolfi Filho, disse que o evento traz a oportunidade de discutir a ciência não apenas voltada para tecnologia, mas também para a conservação, o que é de extrema importância para a região amazônica.

Segundo ele, é preciso aproveitar todo esse conhecimento gerado nas instituições de ensino e pesquisa para que seja transformado em tecnologias que possam manter a floresta em pé e gerar recursos para os ribeirinhos.

Na oportunidade, o reitor da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Syvio Puga, ressaltou o trabalho desenvolvido pela Fapeam, neste ano, no apoio a CT&I. Destacou que o Programa Centelha Amazonas, lançado pela Fapeam, em parceria com a Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep), é importante para transformar o cenário de empreendedorismo no Amazonas.

Para o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), Jório de Albuquerque Veiga Filho, é preciso que se incorpore o conhecimento científico advindo de produtos da floresta.

Sobre o Parev – O Parev tem o objetivo de apoiar a realização de eventos regionais, nacionais e internacionais sediados no Amazonas, relacionados a CT&I: congressos, simpósios, workshops, seminários, ciclo de palestras, conferências e oficinas de trabalho, visando divulgar resultados de pesquisas científicas e contribuir para a promoção do intercâmbio científico e tecnológico.

A 2ª chamada do programa recebe propostas até o dia 31 de janeiro, online, via SIGFapeam, de interessados em realizar eventos de CT&I no período de julho a dezembro de 2020.

Acesse aqui o edital do PAREV N° 007/2019
http://www.fapeam.am.gov.br/editais/edital-no-0072019-programa-de-apoio-a-realizacao-de-eventos-cientificos-e-tecnologicos-no-estado-do-amazonas-parev/

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here