Festival de Parintins 2024: Arsepam fiscaliza embarcações do transporte intermunicipal

A estimativa é que a agência fiscalize aproximadamente 150 embarcações que sairão de Manaus e de outros municípios do Amazonas

FOTO: Assessoria / Arsepam

A Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados e Contratados do Estado do Amazonas (Arsepam) deflagrou nesta quarta-feira (26/06), no Porto de Parintins, a ação de fiscalização que faz parte da Campanha “Viagem Segura: Parintins 2024”. A estimativa é que a agência fiscalize aproximadamente 150 embarcações que sairão de Manaus e de outros municípios do Amazonas para o 57º Festival de Parintins (distante 369 quilômetros de Manaus), por meio do transporte intermunicipal hidroviário.

Além de ter bases de fiscalização no Porto de Manaus e Manaus Moderna, a Arsepam montou um ponto de fiscalização no Porto de Parintins. A ação faz parte da campanha “Viagem Segura: Parintins 2024”, que visa não apenas fiscalizar as embarcações, mas também conscientizar a população sobre a importância de práticas seguras durante a viagem. Os fiscais da Arsepam estarão presentes nesses pontos para verificar as condições das embarcações e garantir que todas as normas de segurança sejam cumpridas.

Com a estimativa de 95 mil pessoas utilizando o transporte hidroviário intermunicipal, a Agência Reguladora tem o compromisso de assegurar que todos os passageiros tenham uma experiência segura e tranquila ao se deslocarem para um dos maiores eventos culturais da região.

O diretor-presidente da Arsepam, Ricardo Lasmar, reafirma o compromisso da agência em garantir o melhor serviço nas embarcações que  são fiscalizadas pela autarquia. “Por determinação do governador Wilson Lima, a Arsepam não vai medir esforço em garantir a melhor viagem para esses turistas que vão ao Festival”. Destacou o presidente.

Além do ponto de fiscalização no Porto de Parintins, os passageiros contam com o apoio da Ouvidoria Itinerante da Arsepam, que estará no turistódromo para receber e tirar dúvidas, e também pelo WhatsApp 24h (92) 2020-1117.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui