Após 10 dias sem fazer nada o prefeito eleito de Iranduba resolveu acordar para combater o avanço do covid-19

O prefeito de Iranduba, Augusto Ferraz (DEM) resolveu acordar após 10 dias de seu novo mandato e decretou “Lockdown” na cidade de 9 a 23 de janeiro.

Ele determinou que das 14h às 6h da manhã do dia seguinte as pessoas devem permanecer em casa como medida para conter o aumento do número de infectados na sede do município, distrito de Cacau-Pirera e comunidades da zona rural.

Iranduba não possui leitos de UTI e está a beira de um colapso no sistema de saúde com o Hospital Hilda Freire com mais de 90% dos leitos clínicos ocupados e sem oxigênio suficiente para atender os pacientes.

Há 10 dias no cargo, o prefeito eleito Augusto enfrenta a sua primeira prova de fogo a frente do município.

“Precisamos realmente ter três UTIs dentro do hospital para dar suporte a sociedade irandubense. Isso vamos fazer ao longo do nosso mandato.”, destacou Ferraz, pedindo que a população fique em casa e respeite as medidas de segurança ao sair de casa.

É bom lembrar que ninguém fiscaliza a saída da ponte Rio Negro onde estão se reunindo para curtir pesca e praia na orla.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here