Policiais flagraram orgia com 50 pessoas perto de hospital #covidKiLute

A Polícia interrompeu uma orgia que acontecia clandestinamente no último sábado (12). O sexo grupal estava acontecendo em uma casa diante de um hospital, dedicada a tratar pacientes diagnosticados com o novo coronavírus. O flagrante ocorreu na cidade de Virton, na Bélgica.

De acordo com o jornal LaDernière Heure, os agentes foram chamados duas vezes na madrugada após denúncias feitas pela vizinha, de um evento envolvendo cerca de 20 pessoas. No entanto, quando as autoridades chegaram ao local, eles se depararam com 50 pessoas e todas de origem francesa.

Festas como orgias estão proibidas no país mediante a atual situação da pandemia do novo coronavírus. Cada um dos envolvidos foram em 250 euros, o que equivale a quase R$1,3 mil reais. E, uma queixa contra o proprietário do endereço também foi registrada.

Dados da polícia belga mostram que já foram interrompidas pelo menos duas orgias nas últimas três semanas, mesmo em meio à pandemia do novo coronavírus. Em 27 de novembro, uma orgia gay em Bruxelas ganhou as manchetes após registrar a presença de 25 homens — entre eles, o então eurodeputado húngaro József Szájer, membro do partido de extrema-direita Fidesz.

Posteriormente, em 4 de dezembro, mais um encontro coletivo foi flagrado, desta vez na cidade de Paal. Dez pessoas foram flagradas e multadas.

UOL

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here