Genis Sousa de Sousa foi preso na madrugada desta quinta-feira (18) em Parauapebas depois de ter matado Nathalia Caroline Duarte Barbosa e ferido sua companheira, Luciene da Silva Ferreira com golpes de faca. Nathalia morreu na hora, mas Luciene permanece no Hospital Municipal de Parauapebas recebendo tratamento médico por causa dos ferimentos e não corre risco de morte.

Segundo a Polícia Civil, a Polícia Militar tomou conhecimento via telefone por volta de 1h20, com uma denúncia que dizia que um indivíduo havia esfaqueado um casal de mulheres na rua Humberto Campos, nº 329, Bairro Caetanópolis. Ao chegar no local da ocorrência, os PMs souberam que havia tido um desentendimento entre as mulheres e seu vizinho, com ele tendo esfaqueado ambas e fugido do local.

A partir de informações de populares sobre as características físicas do autor do crime, a guarnição saiu em diligência e, na Rua Marabá, localizou Genis todo ensanguentado, levando a crer ser ele seria o autor do crime. No momento da abordagem, Genis, não esboçou nenhuma reação contra a guarnição e foi preso.

Como ele estava ferido e a vítima sobrevivente havia sido levado ao Hospital Municipal, os policias encaminharam o suspeito ao hospital, onde foi reconhecido pela mulher que sobreviveu e lá ele recebeu os primeiros socorros. Genis chegou a falar à guarnição que houve uma briga entre ele e as mulheres, inclusive que havia desferido as facadas contra elas, mas não sabia que uma delas havia morrido em virtude dos ferimentos.

Ainda segundo o homem, o crime se deu porque as mulheres haviam roubado um vidro de perfume dele. Após atendimento médico, Genis foi apresentado na Seccional para os procedimentos legais, assim como duas facas, sendo uma com cabo de madeira, com aproximadamente 15 cm de lâmina e outra uma faca de mesa, com cabo de plástico, cor azul. O homem foi autuado por homicídio doloso e tentativa de homicídio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here