Foto: Jander Robson

Depois de quase 20 dias de investigação, policiais civis do 6° Distrito Integrado de Polícia (DIP) prenderam em flagrante nesta quarta-feira Alexandre Gomes da Silveira, o “Maníaco da Cidade Nova”, de 33 anos. Ele usava o carro da mãe e costumava abordar mulheres na rua, se masturbando para elas. Até o momento quatro vítimas compareceram na delegacia e o reconheceram como autor do crime.

De acordo com o delegado titular Jeff Mac Donald, Alexandre usava o carro da mãe, um gol preto, de placas JXU-0357, para abordar as mulheres. Todos os dias ele deixava a mãe, uma empregada doméstica, no trabalho, na Zona Oeste, e quando retornava para casa, no bairro Cidade Nova, procurava as vítimas. Segundo o delegado, a maioria das mulheres era de perto da casa dele.

Conforme o titular do 6° DIP, o homem oferecia carona e, após receber resposta negativa, mostrava o órgão sexual, se masturbava olhando para a vítima e insistia para que aceitasse a carona. “Ele fazia isso com o carro em movimento”, disse. Alexandre foi preso nesta manhã, em casa, na Cidade Nova, após fazer mais uma vítima, uma professora.

A docente conseguiu anotar parte da placa do veículo e, depois de investigações, os policiais descobriram o endereço dele. Na delegacia, ele nega todos os crimes, mas foi reconhecido pelas vítimas. Segundo o delegado, o homem foi autuado por importunação sexual, que deixou recente de ser contravenção penal e passou a ser crime, com pena de um a cinco anos. Ele deve ser conduzido para uma Audiência de Custódia.

 

Fonte: https://www.acritica.com/

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here