O pedreiro Valdiley Souza dos Reis, de 39 anos, foi assassinado no bairro Icuí-Guajará, em Ananindeua. O crime ocorreu na passagem Batista Campos, cuja via principal é a rua Santa Fé. Um irmão da vítima contou ao cabo J. Rodrigues, do 6º Batalhão da Polícia Militar, que Valdiley chegou do trabalho e começou a beber.

Ninguém informou as circunstâncias do homicídio. A guarnição da PM chegou ao local às 6 horas da manhã. Ele morreu atrás de uma carreta e em uma rua sem asfalto e com lama. Moradores disseram que o pedreiro era um homem trabalhador. Peritos criminais que estiveram na cena do crime apontam que a morte foi causada por uma pedrada (pedra grande) na cabeça. Segundo informou o perito criminal Ivanildo, o pedreiro está morto há aproximadamente 12 horas.

Segundo apontam os vizinhos, ele era um bom profissional, mas, quando bebia, ficava com o comportamento alterado. Por isso, suspeita-se que, sob o efeito de bebida alcoólica, ele pode ter se envolvido em alguma confusão. Policiais civis da Divisão de Homicídios também estiveram no local.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here