PT quer processar PF pelo tratamento dado ao presidiário Lula até o funeral, isso porque ele não foi algemado, ai acionaria a ONU

A Polícia federal parece que está no caminho certo da moralidade criminal desse País, o tratamento dado ao presidiário Luiz Inácio Lula da Silva, no último sábado, já foi um sinal de que a vida criminal do petista mudou.

O Partido dos Trabalhadores informou que acionará a Corregedoria da Polícia Federal contra Danilo Campetti, um dos agentes que fizeram a escolta de Lula durante o velório e a cerimônia de cremação de seu neto Arthur, 7, no último sábado, em São Bernardo do Campo. Campetti integrou a equipe que cuidou da segurança de Jair Bolsonaro durante a campanha presidencial. As informações são do Blog do Josias.

Segundo o colunista, dois detalhes irritaram o petismo: O fato do agente Campetti ostentar nas redes sociais uma aversão ao PT e um engajamento a Bolsonaro; e, ainda, porque na ação de sábado, o agente federal apareceu em imagens ao lado de Lula ostentando no colete à prova de balas um emblema da Swat, divisão de táticas especiais da polícia dos Estados Unidos. Campetti fez cursos de especialização em Miami (EUA). Se o policial tivesse deixado por exemplo o petista sofrer uma tentado um choro seria outro, por fim, a policia está de parabéns pela bela ação, que deu ao petista a segurança necessária para ir vir em vida.

“Achamos que Lula deveria ir algemado e sem reclamar, como todo criminoso desse País”, Portal Chumbo Grosso

Instrutor de tiro, Danilo Campetti integra o Grupo de Pronta Intervenção da Polícia Federal (GPI). Atua em todo o território nacional, em ações de risco que exigem rápida mobilização.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here