O sorveteiro Rodrigo Medeiros Carioca, de 25 anos, sobrinho do narcotraficante João Pinto carioca, o João Branco da Família do Norte (FDN), foi executado com 8 tiros, por volta das 6h30 da manhã desta terça-feira (11). O Corpo dele foi encontrado no ramal ZF, que fica no quilômetro 83 da Rodovia BR-174 (Manaus – Boa Vista).

Familiares que foram fazer o reconhecimento do corpo no Instituto Médico Legal (IML) suspeitam que ele foi sequestrado e depois levado até o ramal para ser morto por rivais de João Branco, por conta do racha da facção Família do Norte.

No domingo, Rodrigo e a namorada dele, de 18 anos, foram até o município de Presidente Figueiredo (a 107 quilômetros de Manaus) passear. O casal ficou hospedado em um hotel na cidade. Na madrugada de segunda para terça, a namorada acordou no meio da madrugada e não viu mais Rodrigo deitado ao seu lado. Eles iriam voltar hoje para Manaus.

Por volta das 8h desta terça-feira (11), ela recebeu fotos dele já morto em grupos de WhatsApp. Rodrigo já teria passagens pela polícia por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo.

O sobrinho de João Branco deixou três filhos que tinha em outro relacionamento. Na tarde de hoje, o Instituto Médico Legal (IML) fez a remoção do corpo para a perícia e constatou que foram oito tiros e disparo fatal acertou o coração da vítima. A polícia Civil deve investigar o caso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here