“Ação Abusiva”: PGR e STF mandam invadir casa de Luís Felipe como se ele fosse um bandido e operação causou terror para seus dois filhos um de 2 anos e outro de 4 anos

Tratado como um bandido, o empresário e vice-presidente do Aliança pelo Brasil, o advogado e empresário Luís Felipe Belmonte foi alvo de operação da Polícia Civil na manhã desta terça-feira (16). Agentes foram até a casa de Belmonte para fazer buscas e dar sequência às investigações que apuram financiamento de grupos que fazem atos democráticos e diferente do STF cumprem a constituição.

Belmonte tachou como “abusiva” a visita da PF à residência dele. Classificou, inclusive, como “invasão”. “Eu queria saber qual a suposição. Isso se configura muito a uma coisa abusiva. Entraram no quarto dos meus filhos, de 2 anos, de 4 anos, entende? Uma coisa absurda”, disse, em entrevista ao canal CNN na frente de casa.

Todavia, Belmonte se mostrou tranquilo quanto às investigações. “Não tenho nada para esconder. Minha vida é transparente, eu tô tranquilo”, afirmou o advogado. Os policiais levaram celulares, um computador e documentos do empresário.

Além de vice-presidente do partido do presidente Jair Bolsonaro, Belmonte é primeiro suplente do senador Izalci Lucas (PSDB-DF) e marido da deputada federal Paula Belmonte (Cidadania-DF).

O empresário, que vivia até alguns anos na Inglaterra, gozava de um patrimônio de R$ 66 milhões até 2018, segundo o Tribunal de Contas Eleitoral. Além de figura conhecida no judiciário brasiliense, Belmonte também é atuante no esporte local, sendo o fundador do Real Brasília Futebol Clube, time de futebol da primeira divisão do DF.

Operação

A operação da PF ocorreu a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR). As medidas foram autorizadas pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Além de Belmonte, nomes como o blogueiro Allan dos Santos e o deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) também receberam agentes da PF em suas casas. Veja os alvos:

  • Allan dos Santos, blogueiro e dono do site Terça Livre
  • Luís Felipe Belmonte, advogado e vice-presidente do Aliança pelo Brasil
  • Daniel Silveira (PSL-RJ), deputado federal
  • Sergio Lima, marqueteiro do Aliança pelo Brasil
  • Emerson Teixeira, professor da rede pública do DF e youtuber
  • Fernando Lisboa, blogueiro e youtuber
  • Ravox Brasil, youtuber
  • Roberto Silva, blogueiro

A ação ocorreu a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR). As medidas foram autorizadas pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here