David Almeida sai na frente, na primeira pesquisa Eficaz do 2° turno

A nove dias das eleições municipais deste ano, a primeira pesquisa do instituto Eficaz do segundo turno aponta o candidato a Prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), na frente da corrida eleitoral, com 54,6% das intenções dos votos válidos, contra 45,4% do candidato Amazonino Mendes (Podemos). É terceiro estudo que apresenta David à frente do adversário.

Depois de fechar o primeiro turno atrás de Amazonino, com uma diferença mínima de 1,55%, David agora aparece no primeiro estudo da Eficaz na frente, com uma distância de 9,2% do adversário. Dentro da margem de erro de 3,2 pontos percentuais – para mais ou para menos -, a pesquisa da Eficaz se aproxima do levantamento apresentado pelo instituto Perspectiva, também nesta quinta-feira (19), que apontou David com 57%, contra 43% de Amazonino.

O instituto Eficaz ouviu 1.002 eleitores das cinco zonas geográficas de Manaus, entre os dias 17 e 19 de novembro. Com 95% de intervalo de confiança o estudo está registrado na Justiça Eleitoral sob número AM-07905/2020, coordenado pelo estatístico Erico Jander da Silva Lopes.

Na pesquisa da Eficaz, 48,1% era eleitor do sexo masculino e 51,9% do sexo feminino. Entre o eleitorado feminino, David marcou 48,7% das intenções de voto, contra 34,6% que optaram por Amazonino. Já no público masculino David marcou 43,4% contra 41,4% de Amazonino. Na faixa etária de 16 a 17 anos, David marcou a maior diferença percentual contra o adversário, de 66,7% contra 33,3%. Essa intensidade é seguida pela faixa etária de 18 a 24 anos, numa diferença de 50% a 29,3%.

Nesse levantamento, David vence Amazonino entre o eleitorado católico, com 43,5% contra 42,5% e com uma vantagem maior no público evangélico, com 50,9% contra 32%. Entre os afro-brasileiros, David registrou a preferência do voto de 60% desse público contra 20% de Amazonino. Entre o público sem religião, David registrou 44,3% das intenções de voto, contra 35,9% do adversário.

Perspectiva
Na segunda pesquisa de intenção de voto do Instituto Perspectiva, para o segundo turno das eleições para prefeito de Manaus, o candidato David Almeida (Avante) subiu de 53% para 57%, enquanto Amazonino Mendes (Podemos) recuou de 47% para 43%, perdendo 4%. Com esse número, a dez dias do pleito, o candidato da coligação Avante Manaus abriu 14 pontos percentuais de vantagem sobre Amazonino.

A diferença na primeira pesquisa entre os candidatos era de 6% no início da semana. O novo número mostra que a rejeição de Amazonino Mendes em Manaus é ainda a maior entre os políticos da capital. O estudo foi divulgado na manhã desta quinta-feira (19).

Após o primeiro turno, a transferência de votos para Amazonino foi de 19,09%, enquanto para David foi se 32,65%. “Não há dúvidas que as velhas práticas estão sendo rejeitadas pela população. Por mais que tentem me atacar com fake news, os manauaras já entenderam que nossas propostas são as melhores para nossa Manaus e que eu e Marcos Rotta somos a melhor opção para mudar nossa capital de verdade”, afirmou David.

A Perspectiva Mercado e Opinião entrevistou 1.000 eleitores e eleitoras nos dias 17 e 18 de novembro do corrente ano. A margem de erro da pesquisa é de 3,1%, para mais ou para menos, com grau de confiabilidade de 95%, o que significa dizer que se fossem feitas 100 entrevistas com a mesma metodologia, 95 estariam dentro da margem de erro prevista.

O estudo foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número de identificação AM-02801/2020.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here