Trata-se de um verdadeiro rompimento político e administrativo. Os governadores lulopetistas não têm cacife para o confronto e vão prejudicar seus Estados.

O comunista Flávio Dino, Maranhão, fala irado, tendo ao lado a lulopetista potiguar Fátima Bezerra. É toda a vanguarda do atraso reunida num só lugar.

Os oito governadores lulopetistas do Nordeste lançaram um violento, reacionário e rancoroso manifesto de caráter desafiador contra o governo Jair Bolsonaro. Assinaram o infame documento: Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe) e 1 vice-governador (Alagoas).

Os governadores nordestinos são contra tudo: reforma da Previdência, posse de armas, desvinculação dos gastos obrigatórios.

Os insubmissos rejeitam qualquer diálogo com o governo e avisam que querem “dialogar apenas com os 153 deputados federais e 27 senadores” da região para pressioná-los a votar no Congresso de acordo com o que descreve a “Carta dos Governadores do Nordeste”, lançada ontem.

Os governadores também investirão na criação do Consórcio Nordeste”, uma entidade que terá funções políticas e jurídicas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here