STF sem moral: Após curtir um twitter contra Bolsonaro o ministro Barroso pede desculpas

O presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e ministro do STF (Superior Tribunal Federal), Luís Roberto Barroso, se desculpou por ter curtido um tuíte com uma frase crítica ao presidente Jair Bolsonaro.

A ação foi alvo de críticas no Twitter, ontem, acusando Barroso de tomar lado e fomentar mais atrito entre os poderes da República.

Barroso se desculpou pela acusação de ter curtido um post da revista IstoÉ no Twitter, que divulgava uma entrevista do deputado Kim Kataguiri. Nela, Kim afirma: “O sonho de Bolsonaro é fechar Congresso e STF, mas ele não tem apoio popular nem das Forças Armadas para isso”.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here