Benjamin Constant dá início à vacinação de profissionais da educação contra covid-19

A Prefeitura de Benjamin Constant deu início, esta semana, a uma nova e importante fase da estratégia de prevenção contra a covid-19: o município iniciou a vacinação do grupo de profissionais da educação e já chega a 80% do público-alvo da campanha com a primeira dose aplicada. Entre os servidores imunizados nessa sexta-feira (16) estão professores, vigias, merendeiras, serviços gerais e do setor administrativo das redes municipal, estadual, particular e da Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

O município, localizado a 1.119 km da capital, vem se tornando destaque entre as cidades do interior do Amazonas com os maiores números de pessoas imunizadas contra a covid-19, tendo sido uma das primeiras cidades do estado a imunizar servidores da segurança pública e a população de 45 a 50 anos. Ainda esta semana, também foram vacinados trabalhadores de transporte coletivo e portuário.

Segundo o ranking da Fundação de Vigilância e Saúde do Amazonas (FVS-AM), Benjamin é a terceira cidade amazonense que mais vacinou, tanto com a primeira dose, com 80,9% de imunizados, como com a segunda aplicação, com 42,2% de cobertura.

De acordo com o prefeito de Benjamin Constant, David Bermerguy, os benjaminenses têm colaborado fortemente para o sucesso das estratégias de imunização contra o vírus, comparecendo às convocações de imunização. “Estamos dando mais um passo para garantir a imunização dos profissionais de educação, que tanto necessitam, para que possamos voltar às aulas com segurança daqui a pouco, garantindo a imunidade dos profissionais de educação em geral e todos os envolvidos diretamente”, garantiu Bemerguy.

Para a professora universitária Ligiane Bonifácio, esse momento ficará marcado na história, afinal todos aguardam a imunização contra a covid. “Eu estou muito feliz. Esse momento foi muito aguardado e agradecida ao Plano de Imunização Nacional (PNI) e ao município de Benjamin, que providenciou a vacinação para os educadores”, disse Ligiane.

Já Francisco Campos, que faz parte do quadro de serviços gerais de uma escola municipal, contou que já está ansioso pela segunda dose da vacina. “Eu já espero a outra dose o mais rápido possível para ficar imunizado. Eu estou muito feliz”, afirmou o servidor.

Na próxima segunda-feira (19), a cidade já se prepara para atender os dois últimos grupos prioritários do Plano Nacional de Imunização (PNI), que são as pessoas em situação de rua e os privados de liberdade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here