57º Festival Folclórico de Quadrilhas, Danças e Bois Mirins mobiliza mais de 10 mil pessoas

Nos dias 21, 22 e 23 de junho, a Prefeitura de Parintins, com apoio do Governo do Estado, promoveu o 57º Festival Folclórico de Quadrilhas, Danças e Bois Mirins. O evento foi realizado no anfiteatro Sila Marçal, sob coordenação das secretarias municipais de Cultura e Turismo. Nos três dias, o festival mobilizou mais de 10 mil pessoas, entre brincantes e espectadores.

O 57º Festival Folclórico de Quadrilhas, Danças e Bois Mirins reuniu 16 grupos folclóricos de quadrilhas e danças, e três bois mirins. Todos os grupos receberam apoio da Prefeitura de Parintins para realizarem suas apresentações no evento.

O prefeito de Parintins, Bi Garcia, destaca que o Festival de Quadrilhas, Danças e Bois Mirins de 2024 marca um novo momento, em vista que consagra o anfiteatro Sila Marçal como seu palco de apresentações. “Nós conseguimos esse anfiteatro justamente para manter vivas todas as tradições culturais do município de Parintins, homenageando Sila Marçal, aquela que trouxe a pastorinha. Todos os cordões, todas as tradições vão poder usar esse espaço para manter viva a cultura parintinense”, enaltece Bi Garcia.

Para o secretário de Cultura de Parintins, Ray Santos, o Festival de 2024 foi o evento que fica marcado na história. Segundo o secretário, a avaliação é totalmente positiva. “O que mantém uma tradição é aquilo que é passado através do olhar, da voz e da consciência das crianças. A gente tem certeza, hoje olhando essas apresentações, que está seguro a continuidade do nosso Festival. Foi um Festival que agradou a todos e vai manter a nossa tradição de fazer cultura, de fazer arte. Parintins é isso, é arte, é cultura, é talento”, finaliza.

Fotos: Pitter Freitas e Yuri Pinheiro (áreas)/ Secom Parintins

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui