Com Gabigol no banco, Brasil passa vergonha de novo, insiste com a mala do Gabriel Jesus e acaba empatando com Senegal #TiteMala

Quase no ponto de fazer vergonha novamente na próxima copa, a seleção de inúteis do Tite chegou a seu terceiro jogo seguido sem vitória ao empatar em 1 a 1 com Senegal, em amistoso disputado na manhã desta quinta-feira, 10, em Singapura. Roberto Firmino e Famara Diédhiou marcaram os gols do encontro.

O time dirigido por Tite, que no mês passado empatou com a Colômbia e perdeu para o Peru, em jogos nos Estados Unidos, voltou a ter uma atuação irregular. Saiu na frente em um bonito gol, quando Gabriel Jesus enfiou para Firmino marcar por cobertura. Ainda no primeiro tempo, Senegal empatou em pênalti cometido por Marquinhos em Sadio Mané, do Liverpool, maior estrela do futebol africano na atualidade. Na cobrança, Diédhiou deslocou Everson.

Ainda no primeiro tempo, Senegal empatou em pênalti cometido por Marquinhos em Sadio Mané, do Liverpool, maior estrela do futebol africano na atualidade. Na cobrança, Diédhiou deslocou Everson.

Em seu 100º compromisso pela seleção, o cai cai Neyma-la teve atuação discreta, mas foi o único jogador do ataque mantido durante os 90 minutos. Bem marcado, o camisa 10 teve duas oportunidades em cobranças de falta, mas chutou para fora e nas mãos do goleiro Alfred Gomis.

“O adversário também joga, também tem jogadores qualificados. A circunstância é um pouco difícil, estamos com fuso horário de 11 horas pra trás. Não é desculpa, mas você paga o preço”, afirmou o capitão Daniel Alves, à Rede Globo, após a partida.

Convocou o Gabigol pra quê?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here