No próximo domingo (18), o Manaus disputa a segunda partida da final da Série D onde, após empate por 2 a 2 no jogo de ida, uma vitória simples diante do Brusque garante o título nacional para a equipe amazonense.

Fundado em 2013, o Gavião do Norte já deixou seu nome na história do futebol regional garantindo uma vaga para a Série C e agora busca um fato inédito no futebol local, um título nacional.

– O clima em Manaus está excelente, seria um título não só para o clube, mas sim para todo o estado. E para o clube, conquistar um título desse tamanho era inimaginável, então estamos com foco total e tenho certeza que faremos uma grande partida – avaliou Jonathan.

No Manaus desde 2014, o goleiro viveu todo o crescimento da equipe e vê a possível conquista como uma coroação para todo o projeto realizado.

Estou aqui praticamente desde a fundação do clube, é muito gratificante fazer parte de todo esse processo, se vier esse título vai ser muito importante pra minha carreira, pro clube e para todo o estado. – confessou, antes de falar da importância da torcida para a decisão, mais de 40 mil pessoas são esperadas na Arena Amazônia.

– A torcida terá um papel fundamental nesse jogo, assim como foi contra o Caxias. Creio que se não fossem eles, não teríamos conseguido chegar até aqui. A torcida será nosso 12º jogador, estou muito confiante que, com o apoio deles, teremos tudo para sair de lá com o título. – finalizou.

A final está marcada para este domingo (18), às 16h (horário de Brasília), na Arena da Amazônia.

Oliberal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here