Foto: Reuters

A RBR voltou a mostrar sua força num circuito de velocidade mais baixa e fez dobradinha no primeiro treino para o GP de Singapura, com Daniel Ricciardo marcando 1m39s711 e ficando 0s201 à frente de Max Verstappen. Sebastian Vettel ficou com o terceiro lugar, a quase três décimos da melhor marca do australiano, com Kimi Raikkonen em quarto lugar. Todos utilizaram pneus hipermacios nas suas melhores voltas, assim como o quinto colocado Nico Hulkenberg, da Renault.

A Mercedes ficou apenas com a sexta posição, com Lewis Hamilton, e a oitava, com Valtteri Bottas. Mas ambos, que lideraram a primeira metade do treino, fizeram suas melhores voltas com os pneus macios, os menos aderentes do fim de semana, ou seja, poderiam ter sido bem mais rápidos se tivessem utilizado a borracha mais macia.

Completaram os dez primeiros colocados Carlos Sainz (Renault), em sétimo, Charles Leclerc (Sauber), que bateu no finalzinho do treino, em nono, e Romain Grosjean (Haas), em décimo.

 

Resultado do primeiro treino livre

Tempos do primeiro treino livre em Singapura — Foto: Reprodução

Stroll e Bottas “em sintonia”

O primeiro treino teve uma situação curiosa no começo. Lance Stroll e Valtteri Bottas rodaram com seus carros no mesmo ponto, o “S” no fim da reta dos boxes, e da mesma forma. Para quem via o treino pela TV, parecia até replay…

Stroll rodando no primeiro treino livre em Singapura — Foto: Reprodução
Bottas fica de lado no primeiro treino livre em Singapura — Foto: Reprodução

Depois, Sergio Pérez abusou do carro da Force India no terceiro setor, ficou ao contrário na pista, mas não bateu e conseguiu voltar ao traçado.

 

Finlandeses também saem da pista

Numa pista ainda “verde”, ou seja, longe da aderência ideal, outros pilotos deram suas escapadas, com destaque para os finlandeses Kimi Raikkonen e Valtteri Bottas. O Homem de Gelo, por sinal, saiu da pista numa das áreas de escape mais estreitas, e quase bateu, mas voltou ao traçado.

Raikkonen rodando no primeiro treino livre em Singapura — Foto: Reprodução

Constantes mudanças na liderança

A dupla da Mercedes dominou a primeira metade da sessão, com Valtteri Bottas liderando no começo e depois Lewis Hamilton. Durante alguns minutos, Daniel Ricciardo chegou a ficar na primeira posição, mas logo depois os carros prateados restabeleceram a dobradinha, com o inglês à frente.

Já a Ferrari teve um desempenho absolutamente discreto no começo, mas, quando os dois carros entraram na pista com pneus hipermacios, tanto Vettel como Raikkonen melhoraram muito seus tempos e ficaram mais de um segundo à frente de Hamilton.

Mas aí foi a vez de a dupla da RBR colocar os hipermacios, e Ricciardo recuperou a primeira colocação, dois décimos à frente de Verstappen e Vettel, sendo que ambos usavam os pneus mais aderentes do fim de semana. Já a Mercedes insistia nos macios, até por ter escolhido menos jogos de hiper e ultramacios para a corrida.

 

Leclerc bate no finalzinho

Já nos minutos finais do treino, Charles Leclerc, que foi confirmado essa semana como piloto da Ferrari no lugar de Kimi Raikkonen, cometeu um erro de cálculo na aproximação para uma freada, e bateu com a roda dianteira direita no muro. Não foi, digamos, um bom início de fim de semana para o futuro ex-piloto da Sauber…

 

Fonte: https://globoesporte.globo.com/motor/formula-1/noticia/rbr-domina-em-singapura-e-ricciardo-lidera-primeiro-treino-em-singapura.ghtml

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here