A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação da Delegacia Especializada em Crimes contra a Mulher – Anexo (DECCM-Anexo), sob o comando da delegada Marília Campello, titular da especializada, cumpriu, no início da tarde desta quarta-feira (13/03), por volta de meio-dia, mandado de prisão preventiva pelo crime de feminicídio tentado, em nome de um mecânico de 43 anos. O crime ocorreu na noite do último sábado (09/03), no bairro Cidade Nova, zona norte, tendo como vítima a companheira do infrator, uma mulher de 40 anos.

O mecânico foi apresentado durante coletiva realizada nesta quarta-feira (13/03), às 14h30, no prédio do 13º Distrito Integrado de Polícia (DIP), no bairro Cidade de Deus, zona norte da cidade. Na ocasião, a delegada informou que o infrator foi preso na rua Conde de Itaguaí, bairro Flores, zona centro-sul da capital. A ordem judicial em nome dele foi expedida no dia 12 de março deste ano, pela juíza Careen Aguiar Fernandes, no Platão Criminal.

A titular da DECCM-Anexo explicou que não é a primeira vez que o infrator agride a companheira e que constam em nome dele dois Boletins de Ocorrência (BOs) de violência doméstica. A autoridade policial ressaltou, ainda, que já havia solicitado à Justiça o pedido de medida protetiva em benefício da vítima, porém, o autor ainda não tinha sido notificado sobre a decisão. A delegada disse que, em depoimento, o mecânico relatou que a vítima havia se machucado porque teria caído.

“Era um relacionamento bastante conturbado, como é na maioria das vítimas. Começou com injúrias, tapas, empurrões e acabou na tentativa de feminicídio, com o infrator agredindo a vítima na cabeça com pauladas. No dia em que tudo ocorreu, a filha do agressor, temendo pela morte da madrasta, conteve o pai para que a vítima pudesse buscar ajuda. A mulher foi levada desacordada para o Hospital e Pronto-Socorro Doutor Aristóteles Platão Bezerra de Araújo, na zona leste”, explicou Campello.

Indiciamento – O mecânico foi indiciado por feminicídio tentado. Ao término dos procedimentos cabíveis na DECCM-ANEXO, ele será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), localizado no quilômetro oito da BR-174, onde deverá ficar à disposição da Justiça.

.

Fotos: Erlon Rodrigues

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here