Autor: Gilmar Pakka

Por Gilmar Pakka
Assustadoramente, milhares de jovens TENTAM O SUICÍDIO após o “término” de um namoro.

É normal na vida de todos os jovens, relacionar-se amorosamente, e envolver-se de “corpo e alma” com seu parceiro. E neste contexto, o namoro acontece naturalmente.
É normal também, que ao longo do tempo aconteça o rompimento da relação por razões diversas.
Os encontros e desencontros são normais e de certa forma fazem parte do crescimento e equilíbrio emocional da juventude.

No entanto, nem sempre um “rompimento” fica só no choro ou nas lamentações…
E é ai que “mora o perigo” !!!

Muitos são os jovens que a dor que sentem após o término do namoro é insuportável, onde nada é capaz de consolar.
Por vezes sofrem sozinhos, sem que amigos e familiares saibam o que está acontecendo, em outras, as REDES SOCIAIS só aumentam a dor e o sofrimento.

E neste contexto da SOLIDÃO, PRESSÃO EMOCIONAL, FRAQUEZA ESPIRITUAL e de IMATURIDADE, há o risco do suicídio daquele jovem que foi “abandonado” pelo namorado ou namorada.

Por outro lado, e pouco mencionado pelos que estudam e escrevem a respeito, HÁ UMA VÍTIMA e também UM VITIMIZADOR.
Ou seja, há AQUELE JOVEM que sofre, e AQUELE QUE FEZ SOFRER, onde o grau de sensibilidade emocional nem sempre é o mesmo.

Nossos jovens SÃO VÍTIMAS “das palavras frias e distantes” pronunciadas em simples mensagens de texto de whatsapp e de outros meios de comunicação instantâneos, que desprezam a lógica emocional e a natureza humana, e todo o “mundo psíquico e social” que circunda e envolve a todos.
A FRIEZA EMOCIONAL tomou conta da sociedade, onde ofender e machucar, “parecem” coisas normais.
Somente parecem…

Enfim,
PARA QUALQUER ROMPIMENTO DE NAMORO NA ADOLESCÊNCIA E JUVENTUDE, a sensibilidade e delicadeza devem existir, onde a “preparação” do parceiro jamais pode ser desprezada.

O AMOR DA ADOLESCÊNCIA, é sentimento real e puro, que deve ser respeitado em todos os momentos pelos parceiros e parceiras, amigos e familiares. (Gilmar Pakka, 09/01/2019).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here