Universitária arranca coração da própria mãe ainda com vida

As agressões ocorrem após a progenitora ter contratado um tratamento de reabilitação para a filha, que reagiu violentamente.

Praskovya Leikovi, de 40 anos, foi atacada pela própria filha, Anna Leikovic, de 21 anos, quando ela chegava em casa, após um trabalho na Alemanha. (REPRODUÇÃO INSTAGRAM)

Uma estudante de medicina é suspeita de matar e arrancar o coração da própria mãe a facadas. As agressões ocorrem após a progenitora ter contratado um tratamento de reabilitação para a filha, que reagiu violentamente. O crime ocorreu na Moldávia, Leste Europeu.

Praskovya Leikovi, de 40 anos, foi atacada pela própria filha, Anna Leikovic, de 21 anos, quando ela chegava em casa, após um trabalho na Alemanha. O jornal Komsomolskaya Pravda, diz que Praskovya estava preocupada pois a filha estaria usando drogas.

Revoltada com a situação, a filha atacou a vítima, que teve o coração arrancado ainda com vida e os seus pulmões e intestinos cortados com uma faca de cozinha, segundo a polícia de Comrat, cidade onde a acusada vive.

Após o crime, a jovem lavou o sangue da mãe e saiu para encontrar o namorado como se nada tivesse acontecido.

O tio de Anna revelou ao jornal que “Praskovya amava muito a filha e passava todo o tempo que podia com ela. Eu não poderia nem imaginar isto”.

Com Informações UOL

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here