O prefeito Arthur Virgílio Neto convocou, na noite desta sexta-feira, 21/12, uma reunião com empresários e trabalhadores rodoviários do transporte coletivo da capital para mediar o impasse que resultou na paralisação ilegal do sistema e que está prejudicando milhares de usuários.

“Acho justa a demanda dos trabalhadores, pois estão discutindo salário, porém, condeno a maneira como estão reivindicando, prejudicando a população. Os empresários já estão aqui na prefeitura e aguardo os representantes do Sindicato dos Rodoviários para que possamos resolver esse impasse que está atrapalhando a vida de milhares de pessoas. Quero que cheguemos a um acordo, de modo que a cidade funcione”, disse o prefeito.

Arthur também divulgou que, a partir da próxima quarta-feira, 26/12, a prefeitura irá iniciar uma auditoria no sistema de transporte coletivo. “Vamos fazer uma auditoria muito séria para sabermos dos números definitivos, não os que são repassados para nós, vamos mergulhar para dominarmos a situação real. Queremos ter os dados para podermos discutir sem falácias e com segurança”, explicou o prefeito de Manaus.

O prefeito continua reunido com os empresários do transporte coletivo e aguarda a chegada dos rodoviários na sede da Prefeitura de Manaus, na Compensa, zona Oeste. Emergencialmente, o prefeito determinou que as Faixas Exclusivas do transporte coletivo sejam liberadas e liberou a viagem de Alternativos e Executivos até o centro da cidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here