Estrutura especial da SES-AM para Parintins inclui uso de UTI aérea, em casos necessários

O serviço realizado pelo Governo do Amazonas faz parte do plano de ações para grandes eventos

Foto: Divulgação / SES-AM

Como parte da estrutura especial para o 57º Festival de Parintins 2024, a Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) estará com aeronaves equipadas com Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de sobreaviso, para atuar, se necessário, na transferência de pacientes de alta complexidade para Manaus. As remoções em UTI aérea fazem parte do plano de ações da SES para grandes eventos, como é o caso do festival.

A secretária de Estado de Saúde, Nayara Maksoud, explica que o serviço realizado pelo Governo do Amazonas é referência, pela estrutura e equipe que dispõe. “É um serviço extremamente importante e necessário, em especial num estado com as dimensões geográficas como o nosso”, afirmou.

De acordo com a secretária, as aeronaves estarão de prontidão, durante todo o período do evento, que começa com a festa dos visitantes, na quinta-feira (27/06), e segue com os dias de apresentação dos bois bumbás Caprichoso e Garantido, sexta-feira, sábado e domingo, 28, 29 e 30 de junho. No ano passado, na semana do festival, foram transferidos seis pacientes para Manaus.

Segundo Nayara Maksoud, o Complexo Regulador (CR) da SES-AM estará com equipe médica em contato direto com os hospitais de Parintins, para monitoramento. A equipe de regulação do Estado mantém retaguarda para o atendimento que já é realizado normalmente e que abrange todos os municípios do Amazonas.

“Os hospitais de Parintins – Jofre Cohen e Padre Colombo – estão equipados e preparados para atender a população e visitantes. Reforçamos as equipes e o estoque de medicamentos. A remoção só ocorrerá em casos realmente bem graves”, destacou.

O Hospital Jofre Cohen, da Prefeitura, está responsável pelas emergências de trauma e na unidade o Estado realizou a manutenção dos equipamentos de suporte à vida. Para o Hospital Padre Colombo, do Estado, serão direcionados os atendimentos relacionados à obstetrícia e emergências clínicas.

A secretária executiva adjunta de Regionalização da SES-AM, Rita Almeida, ressalta que a estrutura de saúde em Parintins está preparada para atender pacientes de alta complexidade. Além das equipes dos hospitais e que atuarão nos ambulatórios montados na área do Bumbódromo, a SES-AM disponibilizou reanimadores, cardioversores, ventiladores mecânicos, monitores multiparamétricos e todos os medicamentos de suporte básico à vida disponíveis para atendimento de emergência. “No monitoramento dos agravos, temos a Gerência Regional do Baixo Amazonas, além das equipes da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS) e da SES-AM, que estarão nos hospitais e ambulatórios acompanhando as ações”, explicou Nayara.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui