Hemoam celebra Dia Mundial do Doador de Sangue

Nesta sexta (14/06) em quem se comemora o Dia Mundial de Sangue, a Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam) recebeu, em clima de festa, os grandes parceiros na tarefa de manter os estoques da unidade abastecidos para salvar vidas: os doadores de sangue.

Cerca de 200 pessoas acompanharam o evento de agradecimento preparado pela direção do hemocentro. “Este é um momento de ressaltar a importância dessas pessoas que dedicam um momento das suas vidas para se doar. Por mais que a medicina tenha avançado bastante, o sangue ainda é um produto que não se fabrica em laboratório. Por isso, é muito justo que mundialmente exista um dia para lembrarmos a importância desse gesto”, destacou a diretora-presidente do Hemoam, Socorro Sampaio, durante uma solenidade de agradecimento aos doadores.

O diretor técnico do Hemoam, Sérgio Albuquerque, também destacou o gesto solidário. “O sangue que doamos abastece os hospitais que, por mês, fazem cerca de 10 mil transfusões. Então, esse gesto de bondade que leva alguns minutos da nossa vida prolonga a vida de milhares de pessoas por muitos anos”, disse.

“Eu faço doação de sangue e de plaquetas e sempre que posso incentivo outras pessoas a doarem, hoje eu trouxe 14 pessoas para doar sangue e salvar vidas de pessoas que precisam”, disse o doador diamante Max Costa.

Os doadores presentes ganharam lanche especial com direito a bolo de aniversário e sorteio de brindes.

Dados

O Hemoam é o hemocentro responsável em garantir sangue para toda rede pública e privada de saúde do Estado. De janeiro a maio deste ano o hemocentro recebeu 27.180 doações de sangue. Dados extraídos do sistema da instituição apontam que existem mais de 500 mil pessoas cadastradas. Porém, menos de 10% doam sangue regularmente.

O Dia Mundial do Doador de Sangue serve para agradecer aos doadores que, por razões altruístas e solidárias, fazem doações que salvam vidas, além de ser uma data de conscientização sobre a necessidade global de sangue seguro e de como todos podem contribuir.

Junho Azul e Vermelho

No dia 4 de junho, o Hemoam lançou a campanha “Junho Azul e Vermelho – Uma doação caprichosa pode garantir a vida de alguém”, em parceria com os bois-bumbás Caprichoso e Garantido, nessa ocasião foi lançado o desafio da galera, de modo que as duas agremiações competem para ver quem será o boi com maior número de doações até o final do mês.

Para participar da campanha o doador deve comparecer ao Hemoam com documentos oficiais e informar, durante o cadastro na recepção, para qual campanha deseja doar: Caprichoso ou Garantido. Após o registro, o doador pode prosseguir normalmente para as etapas de doação e sangue.

O resultado para saber qual galera doou mais será divulgado após o Festival de Parintins, nos meios oficiais do Hemoam e na imprensa.

Quem pode doar

Para se tornar um doador basta estar com boa saúde, ter entre 18 a 69 anos e pesar mais de 50 quilos. Caso tenha entre 16 e 17 anos pode doar somente acompanhado do responsável ou representante legal.

Também é importante estar bem alimentado, ter dormido pelo menos seis horas na noite anterior e estar munido de documento de identidade oficial com foto (CIN, CNH, passaporte ou Carteira de Trabalho).

Fotos: Leonardo Mota

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui