Alunos do curso de solda entram na fase prática da qualificação profissional

Formação faz parte do programa Cetam na Empresa que tem por objetivo atender demandas específicas de formação

Foto: Marivaldo Silva / Cetam

Os 43 alunos do curso de Soldagem Mig/Mag, promovido pelo Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam) e realizado nas dependências do Estaleiro Juruá, entraram na fase prática da qualificação profissional. A iniciativa, que teve origem na necessidade do estaleiro de qualificar seus funcionários, está dividida em módulos teóricos e práticos, totalizando 70 horas de formação.

Este curso, que integra o programa Cetam na Empresa, visa atender à crescente demanda por profissionais qualificados no setor de construção naval na região.

O instrutor do Cetam, Danielison André elogiou a parceria com o Cetam na realização da qualificação profissional da mão de obra para o setor.  “Hoje nós estamos com uma turma de mais de 40 pessoas envolvendo tanto a comunidade quanto os funcionários trazendo bem-estar para todo mundo e, assim, a gente vê a galera focada. A necessidade veio e a gente está aqui para atender a demanda juntamente com todos que estão envolvidos nessa logística”, destacou.

A gerente de Recursos Humanos (RH) do estaleiro, Neiris Alves, lembra que a realização do curso de qualificação era um sonho antigo do dono da empresa e foi concretizado graças à parceria com o Governo por meio do Cetam.

“Esse projeto iniciou com o sonho do dono do Estaleiro, o senhor Marmud (Cameli), e teve muitas dificuldades de ser implementado por não encontrar pessoas que realmente acreditassem e colocassem em prática. Depois veio a nossa necessidade de mão de obra no mercado, que hoje está muito aquecido e a gente passou a ter essa dificuldade de contratação de mão de obra”, comentou.

 “A gente percebeu que era hora de colocar em prática o projeto da escolinha e nós fomos buscar parceiros e encontramos o Cetam que também acreditou no nosso projeto, que nos deu todo o suporte para que ele fosse concretizado e nós iniciamos, nesse ano, a primeira turma em parceria com o Cetam com mais de 40 alunos”, completou.

Os 43 alunos, que incluem 28 funcionários do estaleiro e 15 membros da comunidade do Cacau-Pirêra, foram selecionados através de um processo de inscrição voltado para a região.

Para a aluna Jacira da Silva Pacheco, única mulher no curso de solda, essa é uma ótima oportunidade para mudar de vida.

Ela é funcionária do estaleiro onde trabalha como auxiliar de cozinha e viu no curso a possibilidade de uma nova carreira e melhoria salarial.

“Trabalho aqui no estaleiro Juruá. E, agora, apareceu também essa oportunidade e eu perguntei se eu podia me inscrever e falaram que sim, e eu me inscrevi e hoje estou aqui fazendo o curso”, comentou.

O diretor-presidente do Cetam, Fábio Albuquerque, destacou a importância desta formação para o desenvolvimento social e econômico do estado.

“Nosso objetivo, seguindo determinação do governador Wilson Lima, é contribuir para o desenvolvimento social e econômico do estado e transformar a vida dessas pessoas”, afirmou Albuquerque.

O Cetam conta com um catálogo de mais de 500 cursos para diversas áreas, incluindo saúde, informática, gestão, gastronomia e Indústria 4.0, todos voltados para a qualificação de profissionais para o mercado de trabalho.

O programa Cetam na Empresa continua a expandir suas parcerias, buscando sempre atender às necessidades do mercado e proporcionar oportunidades de crescimento profissional e geração de renda para a comunidade local.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui