Em live, Bolsonaro promete mais 60 milhões de doses de vacina até abril, veja

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou, em transmissão ao vivo nas redes sociais nesta quinta-feira, 4, que o Brasil terá, ainda em março, 20 milhões de doses de vacina contra a covid-19 disponíveis e mais 40 milhões em abril. A quantidade informada pelo chefe do Planalto bate com a previsão do Instituto Butantan de entregar 21 milhões de doses da Coronavac até o fim do mês para aplicação pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Na live, o presidente também apontou que o Ministério da Saúde já contratou 400 milhões de doses de diferentes fármacos até janeiro de 2022 e que haveria mais 178 milhões de doses de vacinas “em tratativas”. Bolsonaro lembrou ainda a confirmação, pela Pasta, de compra de 100 milhões de doses da Pfizer, que o governo federal vinha recusando desde o segundo semestre de 2020, e de 38 milhões de doses da Janssen.

O Ministério comandado por Eduardo Pazuello só anunciou a aquisição dos imunizantes da Pfizer e da Janssen após a aprovação, pelo Congresso Nacional, do projeto de lei (PL) 534/2021, que autorizou a União, Estados e municípios a assumir os riscos de responsabilização civil por eventuais efeitos adversos pós-vacinação. Antes disso, o Planalto vinha alegando “óbices jurídicos” para justificar a recusa em fechar contratos com as farmacêuticas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here